História da Feiúra

História da Feiúra Umberto Eco


Compartilhe


História da Feiúra





Sequencia de 'História da Beleza'. Aparentemente beleza e feiura são conceitos com implicações mútuas, e, em geral, entende-se feiura como oposto da beleza, tanto que bastaria definir a primeira para saber o que seria a outra. No entanto, as várias manifestações do feio através dos séculos são mais ricas e imprevisíveis do que se pensa habitualmente.

E, assim, tanto os textos antológicos quanto as extraordinárias ilustrações deste livro nos fazem percorrer um surpreendente itinerário entre pesadelos, terrores e amores de quase três mil anos, em que movimentos de repúdio seguem lado a lado com tocantes gestos de compaixão e rejeição da deformidade se faz acompanhar de êxtases decadentes com as mais sedutoras violações de qualquer cânone clássico.

Entre demônios, loucos, inimigos horrendos e presenças perturbantes, entre abismos medonhos e deformidades que esfolaram o sublime, entre freaks e mortos vivos, descobre-se um veia iconográfica vastíssima e muitas vezes insuspeitada.

Artes / Ensaios / História

Edições (1)

ver mais
História da Feiúra

Similares

(4) ver mais
História da Beleza
História da Beleza
O Império do Grotesco
Utopia

Resenhas para História da Feiúra (5)

ver mais
Belíssima coletânea
on 28/2/09


O livro é uma belíssima, apesar do título, coletânea de textos e imagens sobre as variações históricas do feio, compreendido neste conceito o repugnante, o abjeto, o imoral e o incompreendido. A qualidade da obra é excelente, a encadernação e o papel, além da diagramação. Recomendadíssimo, apesar do custo alto, para quem tem curiosidade de conhecer a história do anti-estético, desde a Idade Média até os dias atuais. Inclusive, vale a pena ler também a obra antitética, a História da Bel... leia mais

Estatísticas

Desejam493
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.4 / 139
5
ranking 58
58%
4
ranking 28
28%
3
ranking 14
14%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

34%

66%

Esther
cadastrou em:
12/01/2009 18:42:27