História do Suicídio

História do Suicídio Georges Minois


Compartilhe


História do Suicídio





A morte voluntária quase sempre foi objeto de estigma. A Idade Média comparou o mais abominável dos crimes, considerando-o um insulto a Deus, e uma execução horrível reservado para aqueles que cometeram suicídio. Ao longo dos séculos, a questão da liberdade de cada um em sua própria vida ressurgiu ainda cada vez que os valores tradicionais foram desafiados: de Montaigne à Bacon. A famosa pergunta de Hamlet (1600) reflete o desconforto associado com o nascimento da modernidade. Como resultado da crise da consciência europeia, o crescente debate a essa questão foi logo levantada publicamente. A Revolução descriminalizada suicídio, mas não aprova: o cidadão deve manter a sua vida por seu país. Do século XIX e XX não mostrou mais aberto, eo silêncio da igreja e do estado vai contribuir para a "matar-se" um dos tabus última do nosso tempo. Georges Minois, consegue trazer em seu livro um olhar histórico, crú, poético e mesmo profano deste tema que mostra-se bastante atual para nossa sociedade.

Edições (1)

ver mais
História do Suicídio

Similares

(1) ver mais
História do futuro

Resenhas para História do Suicídio (1)

ver mais
Excelente
on 17/9/19


Livro extremamente rico em detalhes sobre a história do suicídio, cobrindo um período que vai da antiguidade clássica greco-romana até o final do século XIX, embora termine por se aprofundar mais na França e Inglaterra entre séculos XVI e XVIII. O autor possui uma leitura formidável do assunto, trazendo grande número de referências literárias e documentais. Demonstra uma importante imparcialidade ao abordar essa questão polêmica, sempre fundamentando muito bem suas observações e explor... leia mais

Estatísticas

Desejam20
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.5 / 4
5
ranking 50
50%
4
ranking 50
50%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

38%

62%

Tempestade
cadastrou em:
17/09/2011 07:19:22