História Social do Jazz

História Social do Jazz Eric J. Hobsbawm


Compartilhe


História Social do Jazz





Hobsbawm analisa o jazz como criação revolucionária dos negros, uma raça submetida a certas circunstâncias históricas - a escravidão moderna. A música é vista neste contexto como elemento de resistência, o que contribui na sua difusão. Num quadro mais amplo: a industrialização e as transformações no padrão de consumo de pretos e brancos, a relação do jazz com a indústria de discos e espetáculos, a popularização e seus cultores.

Artes / História / Não-ficção

Edições (2)

ver mais
História Social do Jazz
História Social do Jazz

Similares

(4) ver mais
Visions of Jazz
O lugar do jazz na construção da música popular brasileira
A Baronesa do Jazz
Viva La Revolución

Resenhas para História Social do Jazz (1)

ver mais
Esse livro é uma aula.
on 20/11/15


O grande pesquisador e historiador Hobsbawm também é um apreciador do jazz. Quando vi este livro na prateleira da biblioteca, me surpreendi “Como assim? É do Hobsbawn?”, pensei, já folheando o prefácio, caminhando para o balcão de empréstimo. Nós que respiramos música, devoramos este livro. O autor detalha o jazz ao seu contexto social nos USA. A influência de cada jazz (sim, o jazz tem muitas subdivisões), cada época, o que essa música causou na sociedade ou o que a sociedade estava v... leia mais

Estatísticas

Desejam150
Trocam4
Avaliações 4.2 / 156
5
ranking 47
47%
4
ranking 32
32%
3
ranking 19
19%
2
ranking 3
3%
1
ranking 0
0%

58%

42%

Renato Tomaz
editou em:
13/05/2016 20:13:38