História Universal da Infâmia

História Universal da Infâmia Jorge Luis Borges


Compartilhe


História Universal da Infâmia





Já matei 12 homens, sem contar mexicanos. A frase, atribuída pelo autor ao bandido Billy the Kid, é uma demonstração da ironia e do humor que perpassam essa coletânea de curtas biografias romanceadas dos maiores malfeitores da humanidade. Borges faz desse livro uma enciclopédia da crueldade.

Contos / Ficção / Literatura Estrangeira

Edições (8)

ver mais
História universal da infâmia
História Universal da Infâmia
História Universal da Infâmia
História Universal da Infâmia

Similares

(11) ver mais
Vidas Imaginárias
Histórias Apócrifas
O Anel de Polícrates e Outras Histórias
The Widow Ching-Pirate

Resenhas para História Universal da Infâmia (12)

ver mais
Leitura rápida de qualidade.
on 30/11/09


Os contos deste livro servem como um bom aperitivo à obra de Borges, podendo ser considerados pequenas cápsulas de seu realismo fantástico característico. Embora inferiores às histórias de "O Aleph", em "História Universal da Infâmia" o autor argentino utiliza seu estilo original para contar episódios de crimes reais em formato ficcional, o que gerou um livro curto porém divertido. Para quem gosta de contos, inclusive, Jorge Luís Borges é um dos essenciais, junto com Anton Tchekov e... leia mais

Estatísticas

Desejam80
Trocam1
Avaliações 4.0 / 311
5
ranking 31
31%
4
ranking 40
40%
3
ranking 27
27%
2
ranking 3
3%
1
ranking 0
0%

56%

44%

Tito
cadastrou em:
09/03/2009 22:36:17