php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Temporary failure in name resolution Hokusai - Shotaro Ishinomori
Hokusai

Hokusai Shotaro Ishinomori


Compartilhe


Hokusai





O lendário Katsushika Hokusai, tido como um dos mais influentes artistas japoneses de todos os tempos, influenciador de grandes pintores ocidentais como Claude Monet, Vincent Van Gogh e Edgar Degas, finalmente tem a sua história de vida esmiuçada no mangá Hokusai, que a editora Pipoca & Nanquim orgulhosamente traz para os seus leitores.

Tendo vivido de 1760 a 1849, Katsushika Hokusai foi um proeminente pintor e gravurista do Período Edo e precursor do movimento estético conhecido como ukiyo-e (semelhante à xilogravura). Seu trabalho orientou gerações de artistas graças às suas representações da natureza e de cenas cotidianas urbanas, abalizado pela obra A Grande Onda de Kanagawa, realizada quando ele tinha 70 anos.

Além de ter sido um importante embaixador da ilustração e estamparia nipônica mundo afora, Hokusai foi responsável pela criação do termo mangá, imensamente popular nos dias de hoje, por ter desenvolvido o que batizou de Hokusai Mangá, um estudo de movimentos e expressões por meio de rascunhos livres e excêntricos que retratavam o dia a dia das pessoas com muito bom humor.

E, como a arte é cíclica, é por meio de uma história em quadrinhos que o genial mangaká Shotaro ISHInoMORI, conhecido no Japão como o Rei dos Mangás, lança luz na trajetória deste homem, que teve papel fundamental na disseminação da arte em seu país e fora dele.

Hokusai, apresentado em edição única com a história completa em 612 páginas, com capa cartão, sobrecapa com verniz localizado e marcador de página exclusivo, é um testemunho imperdível para todos aqueles que querem saber mais a respeito das origens da arte contemporânea.

HQ, comics, mangá

Edições (1)

ver mais
Hokusai

Similares


Resenhas para Hokusai (9)

ver mais
"Um Artista Inalcançado"
on 12/5/21


12/05/2021 Apesar do longo volume de 612 pgs, terminei com a impressão de faltar um "algo a mais", algum laço que unificasse todos os tomos de vida do artista retratados aqui. Hokusai merecia algo de maior requinte -- não me entendam mal: Shotaru Ishinomori faz um extenso trabalho e possui boas sacadas, como a de intercalar imagens criadas pelo artista no fluir da narrativa, ligado ao contexto que se conta. Porém tudo soa como fragmentos separados que foram compilados juntos, com di... leia mais

Estatísticas

Desejam30
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.5 / 48
5
ranking 63
63%
4
ranking 31
31%
3
ranking 6
6%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

62%

38%

Joseph
cadastrou em:
06/01/2021 18:47:52
Joseph
editou em:
01/04/2021 14:16:36