INVICTUS

INVICTUS John Carlin


Compartilhe


INVICTUS


CONQUISTANDO O INIMIGO - NELSON MANDELA E O JOGO QUE SE UNIU A ÁFRICA DO SUL





"Não falem para as mentes deles. Falem para seus corações." - Nelson Mandela

Se você é como a maioria das pessoas, sabe que Nelson Mandela passou 27 anos preso e foi o líder da luta conta o apartheid na África do Sul. Sabe também que ele ganhou o Prêmio Nobel da Paz e chegou à presidência nas primeiras eleições livres de seu país. Mas não deve saber nada sobre a Copa do Mundo de Rúgbi de 1995.

Em Conquistando o inimigo, o jornalista John Carlin narra aquela que talvez seja a passagem política mais bem-sucedida de nossa geração. Parafraseando Garibaldi após a unificação da Itália, as eleições de 1994 tinham criado uma nova África do Sul, mas restava o desafio de criar os sul-africanos. Em busca de uma causa capaz de unir brancos e negros, Mandela concordou em sediar a Copa do Mundo de Rúgbi.

A escolha desse esporte parecia absurda. Por décadas, o rúgbi fora um símbolo do apartheid. Dessa forma, mais improvável que ganhar a Copa era o Springboks - o time nacional - conquistar o coração dos negros.

Mandela precisava que o povo acreditasse no slogan "um time, um país". Ele teve de fazer os negros verem os jogadores como "nossos rapazes" e assegurar aos brancos que eles tinham um lugar de direito na nova nação. Para isso, mostrou-se um líder carismático e flexível, capaz de conter seus aliados e seduzir seus adversários.

O que aconteceu no estádio no dia da final foi uma grande glória: perdão, libertação e celebração. O tipo de coisa que acontece quando pessoas que conheciam apenas o ódio e o medo se libertam do fardo da história e superam suas diferenças. Se ganhou a Copa do Mundo? O que a África do Sul consquistou naquele dia foi muito mais que isso.

Edições (2)

ver mais
Invictus
INVICTUS

Similares

(1) ver mais
Mandela

Resenhas para INVICTUS (3)

ver mais
on 20/9/13


o livro traz mais informaçoes que o filme, porem, nota-se uma certa parcialidade no que tange a vida de mandela, as narraçoes sao quase sempre para mostrar somente os atributos bons do politico africano...tem historias interessantes, mas nao gostei da conduçao narrativa parcial.... leia mais

Estatísticas

Desejam20
Trocam13
Avaliações 4.2 / 138
5
ranking 42
42%
4
ranking 37
37%
3
ranking 21
21%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

41%

59%

Geisa Souza
cadastrou em:
26/07/2011 18:28:07