Kierkegaard

Kierkegaard Søren Kierkegaard


Compartilhe


Kierkegaard


(Coleção Figuras do Saber)




A subjetividade é a verdade. Com esta frase Søren Kierkegaard (1813-1855) afirma que o que existe realmente não é o conceito de indivíduo, e sim o Indivíduo concreto, vivendo aqui e agora, decidindo sua própria existência. Indivíduo que é liberdade porque não existe nenhuma necessidade a encadear os acontecimentos. Filósofo, literato, pensador religioso, crítico do hegelianismo, pai do existencialismo, as muitas faces de Kierkegaard fizeram que ele fosse lido com interesse tanto por teólogos como por pensadores agnósticos e ateus como Heidegger e Lukács, mas fosse igualmente incompreendido. Charles Le Blanc faz aqui uma introdução que abarca os vários aspectos desse pensamento, introdução tanto mais necessária pelo fato de o filósofo dinamarquês ter publicado sob pseudônimo vários livros defendendo pontos de vista que não eram os seus e que só alcançam seu pleno significado no contexto total da obra (“não há nos livros pseudônimos uma palavra que seja minha” – Kierkegaard). Le Blanc trata, inicialmente, dos contextos histórico e filosófico e da formação de Kierkegaard, propondo em seguida um itinerário filosófico através dos estádios da existência (estético, ético e religioso) e um percurso temático onde são tratados os conceitos fundamentais do pensamento kierkegaardiano: a angústia, a ironia, a liberdade, a escolha, a autenticidade, o desespero, a finitude, a História, a comunicação indireta. Esta introdução destaca também a crítica que Kierkegaard faz a Hegel bem como os prolongamentos contemporâneos dessa obra única, a meio caminho entre a literatura e a filosofia, entre a lógica e a intuição mística, que tanto influenciou Sartre, Heidegger, Gabriel Marcel e Jankélévitch.

Filosofia

Edições (1)

ver mais
Kierkegaard

Similares

(3) ver mais
Kierkegaard em 90 minutos
Kierkegaard
Kierkegaard

Resenhas para Kierkegaard (1)

ver mais
Com esta frase Søren Kierkegaard (1813-1855) afirma que o que existe realmente não é o conceito de indivíduo, e sim o Indivíduo concreto, vivendo aqui e agora, decidindo sua própria existência. Indivíduo que é liberdade porque não existe nenhuma necessidade a encadear os acontecimentos. Filósofo, literato, pensador religioso, crítico do hegelianismo, pai do existencialismo, as muitas faces de Kierkegaard fizeram que ele fosse lido com interesse tanto por teólogos como por pensadores ag... leia mais

Estatísticas

Desejam8
Trocam1
Avaliações 3.4 / 9
5
ranking 0
0%
4
ranking 56
56%
3
ranking 33
33%
2
ranking 11
11%
1
ranking 0
0%

60%

40%

fbonillo
cadastrou em:
21/07/2009 21:55:53
Caíque
editou em:
12/10/2018 17:53:42

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR