O sonho de Amadeo

O sonho de Amadeo Leonardo Costa de Oliveira


Compartilhe


O sonho de Amadeo





A bala penetrou bem no meio do peito. Não houve grito, nem lamúria, nem dor. Caí ao chão como quedam folhas secas em dias de outono. Não conseguia discernir muito da geleia que derretia ao meu redor, mas tinha certeza: um homem idoso de feição cadavérica apontava para mim um revólver. Os demônios que assombravam minha mente desaparecem.

Romance

Edições (1)

ver mais
O sonho de Amadeo

Similares


Resenhas para O sonho de Amadeo (1)

ver mais
Muito bom

Achei muito interessante a maneira como o autor, retrata esse lado da vida, essa dimensão paralela tão real, existente em nossa mente, que as vezes parece que estamos vivos, mas estamos mortos. ou estamos vivos mas parecemos mortos... leia mais

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.7 / 5
5
ranking 80
80%
4
ranking 20
20%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

20%

80%

Litteralux
cadastrou em:
12/07/2021 11:29:38
Litteralux
editou em:
12/07/2021 11:30:06

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR