Confraria Convida

Confraria Convida Marcela Soares (Org.)...


Compartilhe


Confraria Convida





Convocar nossos pares à roda, como um gesto de poesia. Poesia. Porque ela não tem somente um corpo ou uma única forma de ser, de tocar e adentrar. Toda vez que vejo poesias-mulheres reunidas, lembro o que Audre Lorde sentenciou que, para nós, “a poesia não é um luxo”. Fazer a roda literária acontecer e se movimentar com nossa diversidade de perspectivas, experiências, corpos-mapas, pluri-versos continua sendo, em tempos como estes, um ato de coragem, necessidade. Lembro que fui abraçada por Jovina Souza em uma destas rodas. No Museu Nacional, numa roda de palavra preta, ela ecoou suas poesias, antes de eu germinar as minhas e de outras irmãs baianas. E naquele dia, após nos reconhecermos, eu tive a certeza de que não poderia mais sair da roda. Como esta da Confraria. Homenagear Jovina Souza é afirmar que a poesia não é um luxo. É lembrar com o conjunto da obra dela que poesias são ao mesmo tempo nuvens-convites e casas-manifestos que pulsam quando avistamos ou imergimos, ou ainda quando deixamos morar em nós, como uma chuva que molha a terra, e rodas, que abrigam a diversidade de novas sementes. [Calila das Mercês]

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Confraria Convida

Similares


Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 0 / 0
5
ranking 0
0%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

100%

0%

Litteralux
cadastrou em:
02/08/2021 11:31:47
Litteralux
editou em:
02/08/2021 11:32:00

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR