Compulsão de Clarisse

Compulsão de Clarisse Mariana Vilela


Compartilhe


Compulsão de Clarisse





Compulsão de Clarisse tratará da violência sofrida pelas mulheres, mas não apenas do ponto de vista das violências econômicas ligadas à estrutura racista do país. Nesta obra, o simbólico ocupará um importante papel. Num formato de fábula e inspiração em contos de fadas, o livro conta a história de Clarisse, a caçula de doze irmãos, uma jovem negra, criada sem afeto e atenção por sua família branca, tradicional, rica e de educação rígida, nos anos 1950. A relevância do livro reside em trazer uma discussão para além do óbvio e portanto, trazer visibilidade àquilo que é ignorado: distúrbios alimentares não são problemas exclusivamente de modelos ricas e brancas. O livro construirá um mundo interno como lugar de acontecimento da poesia de um corpo que tenta sobreviver, colocando em cena a complexidade de uma protagonista jovem e negra como forma de resistência. Assim, a leitura de Compulsão de Clarisse também se apresenta como um exercício de alteridade e empatia que buscará contribuir para o debate público, acessando aquelas esferas que só o fazer artístico pode acessar. A personagem precisa superar os obstáculos do racismo, de seu transtorno alimentar, originado do seu deslocamento no seio familiar e escolar, na sua solidão. Além dos obstáculos do machismo e da violência doméstica, corriqueiros no mundo em que é criada. Não existe tempo e lugar para as violências cometidas contra as mulheres. Sejam oprimidas pela sua aparência, pelo racismo, pelo sufocamento de seus desejos, por suas insubordinações contra um mundo que as submete a uma posição subalterna. A obra não apenas denunciará essas violências como mostrará caminhos para resistir a elas.
Ravenna Veiga,
Escritora e autora de O Silêncio de Cassandra

Romance

Edições (1)

ver mais
Compulsão de Clarisse

Similares


Resenhas para Compulsão de Clarisse (2)

ver mais
Deveria ser mais reconhecido
on 27/4/23


Sério gente, que livro sensacional, eu leria mais 100x de tão bom!! Li esse livro em um dia de tão bom que é. A narrativa é incrível, a forma que o livro é discorrido é perfeito, meu Deus!!! A história desse livro é incrível mas tão triste. Eu senti a dor da personagem principal, Clarisse, de tão triste que foi. A forma como ela foi negligenciada na infância fez com que ela desenvolvesse vários traumas e uma dependência emocional. Fiquei muito triste e angustiada enquanto lia pq tud... leia mais

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.3 / 5
5
ranking 60
60%
4
ranking 20
20%
3
ranking 20
20%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

33%

67%

Litteralux
cadastrou em:
30/11/2021 16:22:10
Litteralux
editou em:
30/11/2021 16:22:33

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR