Visões Comuns de um Porco Esquartejado

Visões Comuns de um Porco Esquartejado Allan Pitz




Visões Comuns de um Porco Esquartejado





ETERNO
Eles arrancaram minha boca;
E eu sorri.
Eles arrancaram meus braços;
Eu acenei.
Eles arrancaram meus ossos do pé;
Caminhei.
No fim trouxeram a máxima lâmina
deceparam a cabeça frágil do corpo
comemoraram a desventura do eu morto.
E eu voltei.

Edições (1)

ver mais
Visões Comuns de um Porco Esquartejado

Similares


Resenhas para Visões Comuns de um Porco Esquartejado (2)

ver mais
Visões Comuns de um Porco Esquartejado, de Allan Pitz
on 11/8/10


"Visões Comuns de Um Porco Esquartejado" é um livro de poesias que falam um pouco de tudo da maneira mais doida que se possa (ou não) imaginar. O que eu achei do livro: Eu adorei o livro! Tem cada poesia mais linda e mais estranha do que a anterior. Eu adoro a maneira como o Allan Pitz escreve. Ele é bem humorado, irônico, sarscástico e sério, incrivelmente, tudo ao mesmo tempo. As poesias desse livro são ótimas! É um livro que vale a pena ler. E vou deixar aqui uma poesia para te de... leia mais

Estatísticas

Desejam3
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 5
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

32%

68%

naniedias
cadastrou em:
11/08/2010 18:00:34