Jardins de Hipocrisia

Jardins de Hipocrisia Gecildo Queiroz



Jardins de Hipocrisia





Do prefácio pelo próprio autor, na contracapa:

Poemas, quando me surgem, se dependuram na minha cabeça como se quisessem morar nela. Muitos acabaram morando. A maioria deles nunca quis se deixar conhecer direito. No máximo passeavam, ainda imaturos, por pedaços de papel enfiados em gavetas. A reclusão não os incomodava. Contudo, de uns tempos pra cá, um bom número começou a ficar afoito, doido para conhecer as ruas.

Edições (1)

ver mais
Jardins de Hipocrisia

Similares


Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.7 / 3
5
ranking 67
67%
4
ranking 33
33%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

22%

78%

J_Leberg
cadastrou em:
27/07/2011 21:17:21