Inútil Poesia

Inútil Poesia Leyla Perrone-Moisés


Compartilhe


Inútil Poesia


e outros ensaios breves




Nos 43 ensaios de Inútil poesia, todos breves, Leyla Perrone-Moisés nos fala de La Fontaine, Fernando Pessoa, Francis Ponge, Paulo Leminski, Mallarmé, Camilo Pessanha, Balzac, Saramago, Flaubert, Guimarães Rosa, Mário de Andrade, Proust, Clarice Lispector e Roland Barthes, entre muitos outros nomes. Todos esses autores mostraram, cada um à sua maneira, que a literatura pode ser sábia e prazerosa. Este é, assim, um livro para leitores sensíveis e inteligentes. Leitores que buscam e encontram, na obra literária, a linguagem liberta de sua ganga utilitária e elevada ao maior grau de significação.

Edições (1)

ver mais
Inútil Poesia

Similares

(3) ver mais
Fernando Pessoa: Resposta à Decadência
Os detetives selvagens
Mutações da Literatura - No século XXI

Estatísticas

Desejam17
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.3 / 8
5
ranking 50
50%
4
ranking 25
25%
3
ranking 25
25%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

38%

62%

Iarima
cadastrou em:
20/08/2011 00:39:17