A culpa é toda de Marte

A culpa é toda de Marte Paula Browne


Compartilhe


A culpa é toda de Marte





Clima astral propenso a uma boa leitura. Saturno em conjunção com a Lua conspira para a possibilidade de boas risadas e emoções à flor da pele se a leitura em questão for A culpa é toda de Marte. Quem avisa é Thalita Rebouças, que assina a orelha do novo livro da escritora e ilustradora Paula Browne.

Em A culpa é toda de Marte, a autora conta a história de Diana, uma garota que tem ideias muito próprias sobre a vida.

Diana tem um namorado perfeito e está completamente apaixonada por ele quando viaja nas férias de julho para encontrar uma amiga de infância e, nesta viagem, conhece o Pedro: o garoto mais bonito do planeta. Assim, sem que nada fosse planejado, de repente ela se vê com dois namorados. Que ela ama e pelos quais é correspondida! Sem nenhuma culpa, Diana resolve então manter seus dois amores, que ela guarda em gavetinhas separadas do seu coração. Mas será que isto vai dar certo?

Esta pergunta que ela não se faz, naturalmente, tem a resposta mais óbvia: não. Não vai dar certo. E a partir daí ela passa a fazer vários questionamentos sobre a vida e suas relações amorosas. Diana ainda tem que lidar com o fato de que todos parecem saber o que vai acontecer no seu futuro: os amigos, o livro, a sorte no biscoito chinês, o horóscopo. Ah! O horóscopo, principalmente, certeiro. Pois embora Diana acredite nas ciências exatas ela não tem como negar o sentido das previsões astrais.

A culpa é toda de Marte! é um livro que aborda sobretudo o limite da nossa liberdade e das nossas escolhas. Uma historia onde no fundo ninguém tem culpa de nada. Apenas marte, em parte; coisa rara nos dias de hoje.

Edições (1)

ver mais
A culpa é toda de Marte

Similares

(1) ver mais
Garoto Encontra Garota

Resenhas para A culpa é toda de Marte (2)

ver mais
A CULPA É TODA DE MARTE, LEIA APENAS SE TIVER ATÉ 13 ANOS!
on 1/1/17


No livro Diana conta para o Peludo (gato de seu irmão, que ela não aceita o nome) como tudo começou a dar errado em sua vida, por culpa de Marte é claro. Diana, ou Didi é uma pré-adolescente descobrindo o primeiro amor, junto a isso ela tem de apender a lidar com as consequências de seus atos. Esse é um livro que eu gostaria de ter lido quando tinha meus 11 para 13 anos, mas com um olhar mais crítico, da minha idade atual achei a Diana um pouco madura demais para uma adolescente, po... leia mais

Estatísticas

Desejam11
Trocam3
Avaliações 3.1 / 106
5
ranking 13
13%
4
ranking 24
24%
3
ranking 37
37%
2
ranking 13
13%
1
ranking 13
13%

5%

95%

tiagoodesouza
cadastrou em:
24/08/2011 21:48:28