A volta do filho pródigo

A volta do filho pródigo André Gide




A volta do filho pródigo





Uma das principais obras de André Gide, “A volta do filho pródigo”, escrita originalmente em 1909, reúne seis textos: “O tratado de Narciso”, “A tentativa amorosa”, “El Hadj”, “Filoctetes”, “Betsabé” e o homônimo ao título. Para Gide, todas as palavras já foram ditas — em algum momento, por determinadas pessoas —, mas, como ninguém escuta, é sempre necessário recomeçar. Tendo como tema principal a questão de Narciso, ele revela os significados de uma história que intriga e apaixona filósofos, psicólogos e artistas até os dias de hoje.

Ficção

Edições (2)

ver mais
A volta do filho pródigo
A Volta do Filho Pródigo

Similares


Resenhas para A volta do filho pródigo (1)

ver mais
Um autor datado? Ou seria uma escrita datada?

Gide foi uma das minhas paixões literárias de juventude ("O imoralista" e "Os moedeiros falsos" ainda estão na lista daqueles livros que me transformaram de alguma forma - embora eu não saiba muito bem em quê). No entanto, este livro é uma obra menor. Uma escrita impressionista - às vezes francamente confusa - e um tom por vezes alegórico, não é para iniciantes. Respondendo às perguntas do título: não acredito que uma obra possa se tornar datada - e muito menos uma forma de escrever. N... leia mais

Estatísticas

Desejam3
Trocam2
Avaliações 3.1 / 7
5
ranking 14
14%
4
ranking 0
0%
3
ranking 71
71%
2
ranking 14
14%
1
ranking 0
0%

69%

31%

Andre Sier
editou em:
14/09/2017 19:58:44