Serena

Serena Ian McEwan




Serena





Ao ser contratada pelo MI5, o Serviço Secreto Britânico, a protagonista Serena se vê como participante de uma mentira cujo objetivo é fomentar a criação de uma ficção. Isso porque ela é incumbida de estabelecer contato com um escritor a quem não pode contar que é uma espiã, nem que o dinheiro que ele passará a receber virá do Estado. Mas o contexto de toda essa armação é uma guerra muito real, num período (começo da década de 1970) bastante violento da história da Inglaterra, especialmente por causa da atividade do IRA. E, para Serena, o caso envolve ainda sua vida pessoal, tanto no que se refere a seu antigo amante, que a introduziu no MI5, quanto no que se refere ao escritor que é vítima do ardil, por quem acaba se apaixonando. Ela é, portanto, agente e vítima, personagem e criadora, num romance em que todos esses papéis são questionados com fervor. Ora, ao conhecermos a ficção de Tom Healy, o escritor que não sabe que está na folha de pagamento da Inteligência Britânica, já notamos essa curiosa relação entre o real e o fictício, mediada pelo criador. Mas será apenas quando concluirmos a leitura de Serena que teremos a verdadeira dimensão do grau que atingiu essa fusão, tanto na história que estamos lendo quanto na nossa relação com o livro e seus personagens. A literatura experimental, questionadora, pode adotar várias máscaras. Em seu novo romance, Ian McEwan a veste nos trajes mais discretos e, talvez por isso mesmo, mais eficientes.

Edições (1)

ver mais
Serena

Similares

(10) ver mais
A Redoma de Vidro
O jardim de cimento
O Inocente
Amsterdam

Resenhas para Serena (43)

ver mais
“Gostar de um livro depende também da possibilidade de encontrar-se nele.” (Serena)
on 29/3/14


"Não há nada em que paire tanta sedução e maldição como num segredo." (Soren Kierkegaard) Já faz um tempinho que eu estava curiosa para ler alguma coisa de Ian McEwan. Confesso que SERENA me conquistou logo na sinopse, principalmente por causa das palavrinhas mágicas “serviço secreto”. Sempre gostei de filmes de conspiração, tramas complicadas e agentes duplos, logo, uma premissa como essa não me passou despercebida. E o cenário em que a narrativa se passa - a década de 70 na In... leia mais

Estatísticas

Desejam407
Trocam9
Avaliações 3.7 / 696
5
ranking 25
25%
4
ranking 38
38%
3
ranking 26
26%
2
ranking 8
8%
1
ranking 2
2%

19%

81%

Helena
cadastrou em:
01/06/2012 22:20:43