A Morte do Inimigo

A Morte do Inimigo Hans Keilson




A Morte do Inimigo





Alemanha, 1930. Um jovem judeu fica fascinado por um 'inimigo' que aos poucos ascende ao poder - B., líder populista cuja propaganda política cria uma atmosfera cada vez mais ameaçadora, opressiva e profundamente antissemita. Diante da barbárie, o protagonista decide assumir uma neutralidade moral, defendendo que, até num duelo de vida ou morte, é preciso levar em conta as razões do inimigo. Assim, distancia-se cada vez mais de seu povo, enquanto se vê progressivamente absorvido pela figura carismática de um ditador.

Edições (1)

ver mais
A Morte do Inimigo

Similares

(4) ver mais
À Espera dos Bárbaros
Europa saqueada
Quem Escreverá Nossa História?
Os Destituídos de Lódz

Estatísticas

Desejam33
Trocam1
Avaliações 4.2 / 18
5
ranking 56
56%
4
ranking 17
17%
3
ranking 22
22%
2
ranking 6
6%
1
ranking 0
0%

41%

59%

Fran
cadastrou em:
09/01/2013 16:00:31