Comandante

Comandante Rory Carroll




Comandante


a Venezuela de Hugo Chávez




Durante os catorze anos em que ocupou a presidência da Venezuela, Hugo Chávez foi um fenômeno político comparado a Napoleão, Juan Perón e Fidel Castro. A verdade, porém, é que nunca houve um líder como ele. Eleito de forma democrática, reinou pelas telas de TV como um monarca em seu trono, incitou adoração e repulsa em proporções equivalentes e procurou se perenizar no poder por mandatos sucessivos. Chamado de “comandante” por seus seguidores, Chávez desafia rótulos e exige uma análise cuidadosa.

Ao assumir o poder em 1999, ele prometia uma revolução democrática que transformaria o país, e se tornou um símbolo de esperança e liberdade para o povo. Contudo, com o passar do tempo, assumiu o controle da indústria petrolífera, extremamente lucrativa, centralizou a autoridade do governo, permitiu que funções administrativas básicas definhassem, prendeu e aniquilou opositores políticos, criou um culto à personalidade e cortejou Fidel Castro e o polêmico presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad, ocupando grande parte da programação de TV e rádio do país com suas transmissões em cadeia nacional e seu duradouro programa Aló, Presidente.

Em Comandante, o aclamado jornalista Rory Carroll transpõe os muros do Palácio Miraflores para relatar os bastidores da vida e da corte política de Chávez em Caracas. A partir de entrevistas com assessores, ministros, cortesãos, adversários políticos e cidadãos, sua narrativa minuciosa registra um experimento único de governo que oscilava entre iluminação, tirania, comédia e farsa.

Biografia, Autobiografia, Memórias / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Comandante

Similares


Resenhas para Comandante (4)

ver mais
Um grande livro sobre uma grande figura, para o bem ou para o mal
on 18/5/13


Disponível em http://catalisecritica.wordpress.com Mesmo que você não seja muito ligado à política, é muito pouco provável que você não tenha ouvido falar de Hugo Chávez, ex-presidente da Venezuela, morto vítima de câncer em março deste ano. No local onde trabalho (sou servidor público federal) a grande maioria dos colegas vive discutindo política, e os embates se tornam mais fervorosos porque há defensores de correntes de esquerda, de direita, e aqueles cínicos, que gostam é de ver... leia mais

Estatísticas

Desejam27
Trocam5
Avaliações 3.7 / 66
5
ranking 21
21%
4
ranking 45
45%
3
ranking 24
24%
2
ranking 3
3%
1
ranking 6
6%

53%

47%

Vivi
cadastrou em:
12/03/2013 23:42:13
Vivi
editou em:
02/03/2016 11:01:48
Vivi
aprovou em:
02/03/2016 11:01:52