Nunca te vi... Sempre te amei

Nunca te vi... Sempre te amei
4.17 100




Nunca te vi... Sempre te amei


E a 2ª Parte: A duquesa de Bloomsbury




Correspondência entre a autora americana, em Nova York, e o gerente de uma loja de livros raros/usados na Inglaterra, em Londres, durante vários anos. Uma viagem sentimental indicada aos amantes de livros.
Tudo começou com uma carta perguntando sobre livros de segunda mão, escrita por Helene Hanff em Nova York, e endereçada a uma livraria no número 84 da Charing Cross Road, em Londres. Como as sarcásticas e espirituosas cartas de Helene são respondidas pelo indigesto e criterioso Frank Doel da Charing Cross Road, 84, uma relação floresce, em meio ao aconchegante e charmoso mundo dos livros, dando espaço a uma amizade a distância, ao longo de duas décadas.

Biografia, Autobiografia, Memórias

Edições (1)

ver mais
Nunca te vi... Sempre te amei

Similares

(2) ver mais
Rua do Ouvidor 110
A bibliofilia no cinema

Resenhas para Nunca te vi... Sempre te amei (12)

ver mais


"Nunca te vi... sempre te amei". Me emocionei com as cartas. Não, não são melosas nem dramáticas, são até meio formais, afinal, metade delas foi escrita por um livreiro inglês. Vi o filme há muito tempo, acho que fez justiça ao texto. É igualmente delicado. Estou feliz de ter lido o livro agora, depois de passar por uma experiência de troca e discussão de livros, via orkut. É boa demais essa sensação do carteiro entregando pacotes, de receber bilhetes, ver marcas, parágrafos destac...

Vídeos Nunca te vi... Sempre te amei (2)

ver mais
LidoLendo: Nunca Te Vi, Sempre te Amei - RESENHA

LidoLendo: Nunca Te Vi, Sempre te Amei - RESE

84, Charing Cross Road

84, Charing Cross Road


Estatísticas

Desejam141
Trocam2
Avaliações 4.2 / 100
5
ranking 43
43%
4
ranking 37
37%
3
ranking 15
15%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

13%

87%

Ellie
editou em:
02/11/2016 01:05:32