A Linguagem Corporal no Trabalho

A Linguagem Corporal no Trabalho Allan e Barbara Pease


Compartilhe


A Linguagem Corporal no Trabalho


Como causar uma boa impressão e se destacar na carreira




As pessoas costumam ir para o trabalho todos os dias sem se dar conta da importância de sua linguagem corporal. No entanto, a capacidade de ler as mensagens não verbais dos seus colegas, chefes e parceiros de negócios – e usá-las a seu favor – é uma peça-chave para o sucesso.



Em A linguagem corporal no trabalho, Allan e Barbara Pease, especialistas em relacionamentos, ensinam alguns dos maiores segredos do mundo corporativo. Você será capaz de se comunicar de maneira mais eficaz para conseguir obter o que quiser em qualquer encontro profissional.



Aprenda o valor de um bom aperto de mão, a importância de olhar nos olhos do seu interlocutor e como se vestir adequadamente para situações profissionais. Torne-se consciente de suas ações, desenvolvendo uma linguagem corporal positiva, sem parecer tímido nem agressivo. Além disso, descubra como:



• Causar uma boa primeira impressão


• Adotar uma postura confiante e segura


• Sair-se bem em uma entrevista


• Fazer uma apresentação perfeita


• Tornar-se especialista em reuniões e videoconferências


• Decifrar a linguagem corporal de profissionais de outras culturas



Este livro vai ajudá-lo a dominar sua linguagem corporal nas mais variadas situações no ambiente de trabalho – desde as mais difíceis negociações até a festa de confraternização do escritório –, oferecendo o conhecimento de que você precisa para brilhar na carreira.

Autoajuda / Psicologia

Edições (1)

ver mais
A Linguagem Corporal no Trabalho

Similares

(4) ver mais
O Monge que Vendeu
Seu Corpo Fala no Trabalho
Mulheres Ousadas Chegam Mais Longe
Desvendando os segredos da atração sexual

Resenhas para A Linguagem Corporal no Trabalho (3)

ver mais
on 17/3/16


Depois de morrer de rir lendo “Por que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor?”, eu precisava ler mais um livro dos Pease. Nesse livro, eles nos explicam que querendo ou não o nosso corpo fala por nós. Muitas vezes através de gestos involutórios. Allan teve a sorte de perceber isso logo na infância ao vender esponjas de porta em porta. Dependendo dos gestos feitos pelas pessoas, ele já sabia se era provável, ou não, que elas comprassem os seus produtos. Através desse livro com... leia mais

Estatísticas

Desejam58
Trocam9
Avaliações 3.6 / 165
5
ranking 24
24%
4
ranking 30
30%
3
ranking 35
35%
2
ranking 10
10%
1
ranking 1
1%

40%

60%

bellafarias
cadastrou em:
28/03/2013 12:11:42
Itrio
editou em:
02/05/2015 17:50:01