Vidas Provisórias

Vidas Provisórias Edney Silvestre




Vidas Provisórias





Expatriados, separados no tempo e na geografia, Paulo e Barbara compartilham, além da experiência do exílio, o estranhamento pela perda de suas identidades, o isolamento e a sensação de interrupção do curso normal de suas vidas. Diferentes motivos os levam ao estrangeiro. Em 1970, Paulo, perseguido pela ditadura militar, é preso, torturado e abandonado sem documentação na fronteira, de onde segue para o Chile e depois para a Suécia. Barbara, com uma identidade falsa, deixa o país para trás em 1991 - durante o governo Collor -, fugindo de um rastro de violência, e se instala nos Estados Unidos como imigrante ilegal.

Na Suécia, Paulo se apaixona por Anna, militante da Anistia Internacional, com quem forma uma família. Mas é perseguido pelas lembranças dos sofrimentos que viveu e por uma sombra em seu passado. Nos Estados Unidos, Barbara, ainda adolescente, sobrevive de faxinas e serviços de manicure, abandonando seus sonhos de entrar para a universidade e conhecer o mundo. Sem falar inglês, sob o medo constante de ser desmascarada, ela convive com uma rede de prostitutas brasileiras e esconde uma paixão impossível. Satisfaz-se em ser mais um rosto anônimo e estrangeiro na multidão, sem se integrar ao país que escolheu habitar.

Em seu terceiro romance, Edney Silvestre cria um vigoroso retrato das transformações que ocorreram no país e no mundo nos últimos quarenta anos, com uma trama que viaja pelo Chile, Suécia, Estados Unidos, França e Iraque. O autor se vale, com sensibilidade, de sua experiência de onze anos como correspondente baseado em Nova York para revelar o universo dos imigrantes e, ao mesmo tempo, recriar de forma contundente um Brasil visto a distância.

Literatura Brasileira / Romance

Edições (2)

ver mais
Vidas Provisórias
Vidas Provisórias

Similares

(21) ver mais
Aqueles Tempos
Sal
Se eu fechar os olhos agora
A 25ª hora

Resenhas para Vidas Provisórias (25)

ver mais
Leitura diferente
on 18/9/13


Desde que vi o primeiro nacional da editora Intrínseca soube que seria a chance perfeita de conhecer mais a literatura atual do nosso país e principalmente a chance de ler obras diferentes, de finalmente sair dessa zona de conforto que surgiu acidentalmente nos últimos meses. Apesar de sempre ter tido curiosidade de conhecer os livros do Edney Silvestre este foi o primeiro dele que li. Sempre gostei do autor como jornalista e "Vidas Provisórias" acabou se... leia mais

Estatísticas

Desejam112
Trocam32
Avaliações 4.0 / 332
5
ranking 37
37%
4
ranking 37
37%
3
ranking 17
17%
2
ranking 8
8%
1
ranking 1
1%

32%

68%

Yasmin
cadastrou em:
24/07/2013 01:11:28
Vivi
editou em:
29/02/2016 16:31:58
Vivi
aprovou em:
29/02/2016 16:32:03