A menina de Gabrovo

A menina de Gabrovo Roberto Camilotti


Compartilhe


A menina de Gabrovo





É incrível o quanto a pequena ainda conseguia arranjar da vida, mesmo quando não mais a tinha. O autor está certo de que a mesma menina de Gabrovo, que está presente do começo ao fim do livro e que só queria voltar para perto de sua mãe, pode ser, nos dias de hoje, qualquer outra menina que não vê o tempo passar quando brinca com suas bonecas, suas amigas ou que, por algum motivo, encontra-se longe de sua casa. Ao mesmo tempo que, para o autor, Klara é uma só e é especial, tem espírito, doçura e curiosidade universais. As aventuras que encheram de fantasia as páginas desse livro, antes, enriqueceram a imaginação do autor como poucas vezes havia experimentado. Os anseios e descobertas que apenas a infância foi capaz de proporcionar para um homem como o autor, teimoso, disperso, mas esforçado, repercutiram no desfecho desse livro.

Edições (1)

ver mais
A menina de Gabrovo

Similares


Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 2.8 / 10
5
ranking 20
20%
4
ranking 0
0%
3
ranking 30
30%
2
ranking 40
40%
1
ranking 10
10%

20%

80%

Tatiane Buendía Mantovani
cadastrou em:
28/08/2013 18:14:11