Fim

Fim Fernanda Torres


Compartilhe


Fim





Romance de estreia de Fernanda Torres traz grupo de amigos cariocas às voltas com a morte e as próprias frustrações.

O público brasileiro acostumou-se a ver Fernanda Torres no cinema, no teatro ou na televisão. Em filmes premiados, novelas ou séries globais, ela se firmou como uma das mais versáteis atrizes brasileiras, capaz de atuar num arco dramático que vai da comédia escrachada ao denso drama psicológico.

Em anos recentes, Fernanda começou a atuar na imprensa, em colunas no jornal Folha de S.Paulo, na Veja Rio e em colaborações para a revista piauí. Com Fim, seu primeiro romance, ela consolida sua transição para o universo das letras e mostra que nesse âmbito é uma artista tão completa quanto no palco ou diante das câmeras.

O livro focaliza a história de um grupo de cinco amigos cariocas. Eles rememoram as passagens marcantes de suas vidas: festas, casamentos, separações, manias, inibições, arrependimentos.

Álvaro vive sozinho, passa o tempo de médico em médico e não suporta a ex-mulher. Sílvio é um junkie que não larga os excessos de droga e sexo nem na velhice. Ribeiro é um rato de praia atlético que ganhou sobrevida sexual com o Viagra. Neto é o careta da turma, marido fiel até os últimos dias. E Ciro, o Don Juan invejado por todos - mas o primeiro a morrer, abatido por um câncer. São figuras muito diferentes, mas que partilham não apenas o fato de estar no extremo da vida, como também a limitação de horizontes. Sucesso na carreira, realização pessoal e serenidade estão fora de questão - ninguém parece ser capaz de colher, no fim das contas, mais do que um inventário de frustrações.

Ao redor deles pairam mulheres neuróticas, amargas, sedutoras, desencanadas, descartadas, conformadas. Paira também um padre em crise com a própria vocação e um séquito de tipos cariocas frutos da arguta capacidade de observação da autora.
Há graça, sexo, sol e praia nas páginas de Fim. Mas elas também são cheias de resignação e cobertas por uma tinta de melancolia.

Humor sem superficialidade, lirismo sem cafonice, complexidade sem afetação, densidade sem chatice: de que mais precisa um romance para dizer a que veio?

Ficção / Literatura Brasileira / Romance

Edições (2)

ver mais
Fim
Fim

Similares

(12) ver mais
Sete Anos
Todo Vícios
Amálgama
Danuza e Sua Visão de Mundo Sem Juízo

Resenhas para Fim (241)

ver mais
Uma estreia promissora
on 25/11/13


Eu já tinha lido alguma coisa da Fernanda Torres na coluna no Folha. Por isso não foi surpresa para mim sua escrita ágil e irônica. Os capítulos deste livro são narrados em primeira pessoa pelos cinco amigos no dia do falecimento de cada um. Em seguida a narração passa para outros personagens relacionados com aquele que acabou de falecer. Os personagens são bem caracterizados, e felizmente não estereotipados. Acho que os melhores, ou os mais interessantes, são os dois primeiros n... leia mais

Vídeos Fim (2)

ver mais
FIM | UM DELICADO RELATO SOBRE AS MIUDEZAS DA VIDA

FIM | UM DELICADO RELATO SOBRE AS MIUDEZAS DA

FIM | Livros e mais #166

FIM | Livros e mais #166


Estatísticas

Desejam685
Trocam84
Avaliações 3.8 / 3.806
5
ranking 27
27%
4
ranking 39
39%
3
ranking 25
25%
2
ranking 7
7%
1
ranking 2
2%

27%

73%

Marcos
cadastrou em:
31/10/2013 02:24:35
Alê | @alexandrejjr
editou em:
06/07/2021 14:59:52

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR