As Crônicas Marcianas

As Crônicas Marcianas Ray Bradbury




As Crônicas Marcianas (Mundos da Ficção Científica #16)


The Martian Chronicles




The Martian Chronicles -- A chegada (e posterior conquista de Marte) pelos colonos terráqueos... Os contos e histórias que formariam as Crônicas foram sendo publicados em separado, desde 1946, na forma de pulps. Ao reuni-los, nas Crônicas Marcianas de 1950, Bradbury capta brilhantemente a angústia e o pavor do Zeitgeist (o espírito e as manifestações do tempo) sob a ameaça da Guerra Nuclear; criticando simultaneamente a paranóia e a histeria coletiva das forças políticas antagônicas daquela época, em plena Guerra Fria.

'As Crônicas Marcianas foram reunidas num livro por seu autor em 1950, e interligadas por pequenas costuras narrativas. As crônicas acabaram formando emocionante panorama imaginário da chegada do homem a Marte e da colonização do planeta vermelho pela espécie humana. Livro que pode ser visto como um romance fragmentado ou uma seqüência conceitual de contos. Uma nova edição de The Martian Chronicles publicada pela Hill House (2005) apresenta várias histórias adicionais de Bradbury sobre os marcianos!

Em 1979 a NBC encomendou três episódios para uma minissérie, a serem produzidos em parceria com a BBC, cuja duração total seria de quatro horas. A adaptação foi escrita por Richard Matheson e houve a direção de Michael Anderson. A série foi estrelada por James Faulkner (Mr. K), Rock Hudson como "Wilder", Darren McGavin (“Sam Parkhill”), Joyce Van Patten (Elma Parkhill), Bernadette Peters como 'Geneviève Selsor'. Bernie Casey como o "Major Jeff Spender”, Christopher Connely (Ben Driscoll). Roddy McDowall como o “Pai da Pedra / Father Stone”, Maggie Wright (Ylla / Mrs. K), Barry Morse como “Peter Hathaway", Fritz Weaver (Father Peregrine). Nicholas Hammond (Commander Arthur Black), Maria Schell (Anna Lustig), Michael Anderson Jr. (David Lustig).... Bradbury achou a série "bem chata": '(....) when one reporter asked him what he thought of the miniseries, he responded candidly, "Booooooooring!"
====
O fio condutor das Crônicas a ocupação do planeta Marte pelo Homem. Para onde foram os marcianos, se é que alguma vez existiram marcianos? Que são esses misteriosos globos azuis que aparecem de vez em quando no céu? Serão criaturas inteligentes, criadas por Deus – e nesse caso Deus poderia ser um círculo, um globo? Tudo se passa no futuro muito próximo; de janeiro de 1999 a outubro de 2026. E ali estão eles, por fim: os marcianos.

Bradbury paga em ouro seu tributo aos mestres da fantasia: Sherwood Anderson, cujo 'Winesburg, Ohio' lhe deu inspiração, a série Barsoon: John Carter de Marte de Edgar Rice Burroughs. Edgar Allan Poe, H. P. Lovecraft, Ambrose Bierce. Fred Hoyle, astrônomo e autor de FC, lembra a odisséia a propósito das Crônicas Marcianas. E por que não? Por suas páginas perpassa um forte sopro de poesia épica: a epopéia do ser humano nos novos mundos que lhe estão destinados.
====
Muito antes do homem chegar à Lua, Ray Bradbury já estava em Marte. O clássico da ficção científica chega ao Brasil após 55 anos de sua publicação. Em suas 26 narrativas, o autor se depara com o cotidiano de um planeta estranho - mas não mais estranho que o nosso -, com a adaptação do homem em Marte e com o choque cultural entre terráqueos e marcianos. Não há pistolas laser, discos voadores e homens verdes com anteninhas na cabeça. O olhar original de Bradbury focaliza donas-de-casa marcianas que bebem "fogo elétrico", colonizadores terráqueos que recebem comida congelada de "icebergs voadores" e um jardineiro que planta árvores em Marte, para inundar de oxigênio a atmosfera rarefeita. Com bom humor, romantismo, suspense e um futurismo retrô, o autor lança afiada crítica à sociedade americana pós-guerra, crítica essa que permanece atual e necessária. É uma visão psicodélica dos dramas do nosso cotidiano, refletindo o medo de uma guerra atômica após a Segunda Guerra, que poderia (ou poderá?) dizimar a vida na Terra.

Literatura Estrangeira / Ficção científica / Fantasia

Edições (9)

ver mais
As Crônicas Marcianas
Crônicas Marcianas
Crónicas Marcianas
As Crônicas Marcianas

Similares

(49) ver mais
E de Espaço
F de Foguete
A Chegada dos Terrenos
A Cidade Perdida de Marte

Resenhas para As Crônicas Marcianas (48)

ver mais
Que viagem!
on 25/12/09


Desde que ingressei no mundo das vigens no tempo, interplanetárias e psicoldélicas (entenda-se, aqui, em leituras, apenas)com o Guia do Mochileiro das Galáxias, não lia um livro que me impressionasse tanto quanto "As crônicas marcianas". A leitura é leve e o livro não fala nada além do óbvio: o homem é um animal capaz de destruir qualquer coisa ou planeta por onde passe. Em cada crônica há referências à literatura terráquea (Edgar Allan Poe, por exemplo) e a toda uma história rechead... leia mais

Vídeos As Crônicas Marcianas (4)

ver mais
AS CRÔNICAS MARCIANAS - Ray Bradbury | #Iago

AS CRÔNICAS MARCIANAS - Ray Bradbury | #Iago

Book Haul + Leituras de Abril | Quatro Sentidos

Book Haul + Leituras de Abril | Quatro Sentid

Resenha - As Crônicas Marcianas

Resenha - As Crônicas Marcianas

[Resenha] As Crônicas Marcianas, Ray Bradbury

[Resenha] As Crônicas Marcianas, Ray Bradbury


Estatísticas

Desejam415
Trocam9
Avaliações 4.3 / 1.183
5
ranking 49
49%
4
ranking 34
34%
3
ranking 13
13%
2
ranking 3
3%
1
ranking 1
1%

50%

50%

Soulseeker
cadastrou em:
08/01/2009 01:59:56
orffeus
editou em:
17/05/2016 00:03:34