Ninguém escreve ao Coronel

Ninguém escreve ao Coronel Gabriel García Márquez




Ninguém escreve ao Coronel





Enquanto espera o pagamento de sua aposentadoria pelo correio, um coronel reformado luta para sobreviver em uma cidadezinha hostil. Ao seu lado, apenas a mulher asmática e um galo de briga que pertencia a seu falecido filho. A correspondência sempre chega uma vez por semana, às sextas-feiras, mas a aposentadoria não, perdida nos trâmites burocráticos. “Ninguém escreve ao coronel”, diz com desdém o carteiro. Uma trama simples, mas repleta de ironia e comentários sutis sobre a história e a política de seu país.

Contos / Romance

Edições (7)

ver mais
Ninguém escreve ao Coronel
El coronel no tiene quien le escriba
Ninguém Escreve ao Coronel
Ninguém Escreve ao Coronel

Similares

(11) ver mais
Relato de um Náufrago
O Veneno da Madrugada
Os Funerais da Mamãe Grande
Cheiro de Goiaba

Resenhas para Ninguém escreve ao Coronel (38)

ver mais
Coronéis
on 20/3/09


Somos todos este coronel de Marquez, esperando as cartas que nunca nos escreveram, as respostas para perguntas que ninguém escutou, o olhar de quem nos pensa invisível, o abraço de quem nos vê como estranhos, o grito de quem não tem tempo de odiar-nos, o passe de quem não nos queria no time, o retrato de quem apenas espera que saiamos do foco, o comentário de quem lê esta resenha com indiferença.... leia mais

Vídeos Ninguém escreve ao Coronel (1)

ver mais
Ninguém escreve ao coronel: Gabriel García Márquez | Belle Lara Campos

Ninguém escreve ao coronel: Gabriel García Má


Estatísticas

Desejam235
Trocam4
Avaliações 3.9 / 1.165
5
ranking 29
29%
4
ranking 37
37%
3
ranking 29
29%
2
ranking 3
3%
1
ranking 1
1%

37%

63%

Marcos
cadastrou em:
27/02/2014 15:39:46