A vida que não vivi

A vida que não vivi Beto Canales


Compartilhe


A vida que não vivi





Em suas narrativas, o autor denuncia o que tantas vezes já foi chamado era do vazio: o tempo das relações superficiais, onde se impõem o não sentir e o não pensar, a estupidez de cada dia, o espaço reservado para o nada. Retrata a tragédia moderna de criar uma sinistra oportunidade para a destruição da alma.

Edições (2)

ver mais
A vida que não vivi
A vida que não vivi

Similares


Resenhas para A vida que não vivi (5)

ver mais
Orelha
on 2/10/09


Um jovem escritor caminha rumo à editora onde assinará o contrato de publicação de seu primeiro livro. No tempo que transcorre entre ouvir um estampido e receber o impacto do projétil que estilhaçará sua cabeça, reconstitui a vida até aquele venturoso dia que, não sabe, é o seu último. Bem assim: num instante, em meio ao trânsito da grande cidade, morre mais um poeta vitimado por uma bala perdida. A poesia — sentimento e delicadeza — explodida pelo duro metal do não-pensamento. E é iss... leia mais

Estatísticas

Desejam6
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.6 / 16
5
ranking 69
69%
4
ranking 25
25%
3
ranking 0
0%
2
ranking 6
6%
1
ranking 0
0%

19%

81%

Beto Canales
cadastrou em:
02/10/2009 09:41:35