Memória por correspondência

Memória por correspondência Emma Reyes




Memória por correspondência





Em 23 cartas enviadas entre 1969 e 1997 a seu amigo e confidente Germán Arciniegas, a artista plástica Emma Reyes relata as adversidades que viveu durante sua infância na Colômbia. Emma era filha ilegítima e, nesta autobiografia epistolar, conta desde suas lembranças mais antigas até o momento em que deixou o convento onde passou sua juventude, sem ao menos saber ler. Estes textos não só expõem um belíssimo relato pessoal, mas também descrevem o contexto da sociedade colombiana na década de 1930. Emma Reyes foi vítima de uma sociedade hipócrita e do mundo sombrio das comunidades religiosas, mas isso não impediu que ela construísse uma reconhecida carreira artística na França quando adulta.

Biografia, Autobiografia, Memórias

Edições (1)

ver mais
Memória por correspondência

Similares


Resenhas para Memória por correspondência (1)

ver mais
Recomendo
on 26/8/17


"Foi nessa época que aprendemos o que era a profunda solidão e a ausência de qualquer afeto. Fazíamos esforços terríveis para entender o que, na linguagem moderna, chamam de incomunicação absoluta" Comi minhas próprias lágrimas como Emma, além de querer protege-lá! Emma relata sua infância de maneira muito clara, todos os episódio são lembrados e escritos com riqueza nos detalhes. Foram passagens tão marcantes que mesmo quando criança recorda das diversas penúrias, trancorrendo todos o... leia mais

Vídeos Memória por correspondência (1)

ver mais
Literatorios #067 - Memória Por Correspondência

Literatorios #067 - Memória Por Correspondênc


Estatísticas

Desejam29
Trocam1
Avaliações 4.2 / 14
5
ranking 36
36%
4
ranking 57
57%
3
ranking 0
0%
2
ranking 7
7%
1
ranking 0
0%

20%

80%

aidastockler
cadastrou em:
17/02/2016 14:34:43
Pri Paiva
aprovou em:
17/02/2016 15:37:20