Coração Envenenado

Coração Envenenado Dee Dee Ramone...


Compartilhe


Coração Envenenado


Minha Vida Com Os Ramones




Lançado originalmente na Inglaterra em 1997, Poison Heart. Surviving The Ramones, este acerto de contas com a própria vida, chega ao Brasil após a morte de seu autor, Dee Dee Ramone (Douglas Colvin, 1952-2002), ex-baixista e fundador dos Ramones.Escrito em primeira pessoa, com a colaboração da jornalista Veronica Kofman, Coração Envenenado impressiona pela mistura entre o tom ingênuo e coloquial da narrativa e a pungência dos fatos narrados. Os demônios que atravessam o livro, aqueles que infernizaram a existência de seu autor e dos quais ele tenta se livrar ao escrever, nos falam também sobre a cena punk nova-iorquina, sobretudo nos anos 70, e a conquista da Inglaterra, o berço do movimento; e o fazem como se fôssemos, nós leitores, seus camaradas. Não há, portanto, um grande tratado sobre a história da música, do rock ou do punk neste livro. Não cabe aqui tal distanciamento.O que há é alguém, uma personagem de fato histórica, falando sobre sua infância na Alemanha pós Segunda Guerra, sua família desestruturada, a iniciação tão prematura nas drogas, a adolescência no Queens, a formação da banda, seus amigos, namoradas e desafetos, seus vícios e as tentativas de se livrar deles, seus problemas de adaptação ao mundo.Terminada a leitura deste relato tão honesto quanto subjetivo, temos um quadro completo na mente, como se tivéssemos, a partir de então, acesso a meandros históricos que não nos poderiam ter sido revelados de outra forma.

Edições (1)

ver mais
Coração Envenenado

Similares

(4) ver mais
Scar Tissue
Minha Vida Como Um Ramone
My Ramones
Ramones at 40

Resenhas para Coração Envenenado (5)

ver mais
on 29/9/13


Dee Dee Ramone (seu nome verdadeiro era Douglas Glen Colvin) nasceu em 18 de setembro de 1952 nasceu na Virgínia mas foi criado na Alemanha. Nos escombros da segunda guerra, procura balas, baionetas e capacetes que depois vendia para soldados americanos em serviço no país. Lá mesmo viciou-se em heroína, antes de sair da casa da mãe e voltar aos Estados Unidos. No final dos anos setenta foi um dos fundadores da emblemática banda punk Ramones. Como baixista Dee Dee gravou oito discos ... leia mais

Estatísticas

Desejam74
Trocam1
Avaliações 4.2 / 223
5
ranking 46
46%
4
ranking 33
33%
3
ranking 17
17%
2
ranking 3
3%
1
ranking 1
1%

51%

49%

Protski
cadastrou em:
12/01/2009 23:14:43