Florir no escuro

Florir no escuro Chico Lopes


Compartilhe


Florir no escuro





Chico Lopes chega ao seu segundo livro de poesia, depois do sucesso de crítica e leitura de seu primeiro, 'Caderno provinciano', finalista do prêmio Telecom em 2014.
Entre demônios humanos e "anjos terríveis" a lembrar Rilke, o escritor prossegue com uma poesia densa, revestida de confessionalismo e memória, com versos de vocação filosófica, abrindo-se para novas incursões líricas.

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Florir no escuro

Similares


Resenhas para Florir no escuro (1)

ver mais
Poesia, uma flor
on 31/10/17


É preciso mergulhar em introspeção, afundar-se no espectro negro das dúvidas, dos medos. Chico Lopes armando-se de ousadia, delimita a confusão mundana, com as bordas de sua própria existência, misturando o universo interno e externo, e assim construindo sua poesia, às vezes mórbida, às vezes melancólica. O livro “Florir no escuro” alude a construção de uma resistência interior, capaz de frutificar-se pela sua própria força interna, para sustentar-se contra os obstáculos do mundo. O... leia mais

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.7 / 3
5
ranking 67
67%
4
ranking 33
33%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

0%

100%

Lohanna
cadastrou em:
20/06/2016 14:53:42