O quarto de azulejos

O quarto de azulejos Tonho França


Compartilhe


O quarto de azulejos





O poeta cria imagens contundentes e ousadas, carregam consigo tonalidades que, de tão intensas, acabam por colorir o leitor, que se vê parte do poema O poeta é sanguíneo e sua veias transparecem no texto com características marcantes, como um eterno e inconformado questionamento, próprio de um tempo em que o mundo se vê aturdido e mutante. Tonho integra-se no momento e o sacode na esperança de que, a qualquer momento, as respostas possam surgir e aliviar nossos embates existenciais. [Flora Figueiredo, Poeta e escritora].

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
O quarto de azulejos

Similares


Resenhas para O quarto de azulejos (2)

ver mais
Um livro que transborda alma
on 17/11/18


O Quarto de Azulejos é dividido em duas partes: Sobre a Nudez das Paredes e Olhares Para Além do Dia a Dia. Ao todo são 62 poemas. A poesia de Tonho França, que aborda temas diversos, é íntima, cheia de significados. O poeta abre a porta de seu quarto para que contemplemos o mundo desde sua perspectiva. Os poemas exalam amor, tristeza, solidão, e falam de eternidade. Nos deparamos com uma poesia que nos deixa um gosto de recordações, de desejo por um amanhã melhor, como podemos ver ... leia mais

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.6 / 5
5
ranking 60
60%
4
ranking 40
40%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

60%

40%

Litteralux
editou em:
19/08/2019 10:03:22

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR