Ponto Cego

Ponto Cego Déborah Aviaras


Compartilhe


Ponto Cego





Eu, Hector Samaris, sou neto e filho de banqueiro, não poderia ser outra coisa na vida, mas não herdei só a profissão, herdei o modo de encarar a vida. Sou implacável nos negócios e na vida, comando meu banco com mãos de ferro, sou frio e calculista, nada me possui, eu é que possuo o que quero. É assim que sou conhecido, alguns chegam a afirmar que não tenho sentimentos. Mas uma trama do destino fez com que as coisas tomassem outro rumo. Aconteceram duas coisas na minha vida, uma boa e outra ruim, e de repente tudo perde o valor. Dinheiro e poder já não tem a menor importância, tudo fica sem sentido. O que eu quero o dinheiro não pode comprar. O que eu preciso não está à venda. Eu caio na minha própria armadilha. Eu mesmo ergui um muro ao meu redor, teias de mentiras se formaram em torno de mim, não me restando muitas opções. Estou no fundo do poço...

Romance

Edições (1)

ver mais
Ponto Cego

Similares

(11) ver mais
Monstro? Por detrás da aparência
Bem-Vinda ao Jogo
Príncipe de gelo
A troca

Resenhas para Ponto Cego (4)

ver mais
IG @rassumido

Hector Samaris é herdeiro de uma das maiores fortunas dos Estados Unidos. Tem 35 anos e já foi casado duas vezes, uma delas com a neta de um dos sócios do seu banco. Ficaram juntos até o pai dele conseguir os 15% das ações de Gerald. Megan era ninfomaníaca e cleptomaníaca e ele não teve vergonha de usar isso para chantagear o avô dela pela venda. . Sua segunda esposa, Pâmela era uma moça fútil e o casamento acabou nove meses depois. . Se vangloria de nunca ter amado, para ele, a pratic... leia mais

Estatísticas

Desejam6
Trocam2
Avaliações 3.7 / 15
5
ranking 33
33%
4
ranking 27
27%
3
ranking 20
20%
2
ranking 20
20%
1
ranking 0
0%

6%

94%

Deise
cadastrou em:
29/06/2016 17:11:20
Aline Rodrigues
editou em:
18/04/2018 13:26:37