Contos de Terror, de Mistério e de Morte

Contos de Terror, de Mistério e de Morte Edgar Allan Poe




Contos de Terror, de Mistério e de Morte





Um dos grandes títulos de Edgar Allan Poe (1809-1849), aquele que o tornou universalmente celebrado, é o de ser autor de um dos mais traduzidos e admirados poemas, "O Corvo", mas também o de ter chegado, pelo talento e lucidez incomparáveis, a criar o conto policial, desde então transformado num dos gêneros mais atraentes e que, por fascinante, maior número de leitores possui até hoje. Contos de Terror, de Mistério e de Morte encerra o fundamental da produção de Edgar Poe nesse aspecto importantíssimo da sua obra de poeta ensaísta.
Trata-se, como escreveu Luís Martins, de "escritor inegavelmente dotado de gênio, poeta admirável" e "dele se pode dizer que criou um gênero literário". Acentua o intelectual paulista ter escrito Poe "contos policiais tecnicamente perfeitos e que, no gênero, são verdadeiras obras-primas, até hoje não ultrapassadas por nenhum autor contemporâneo". Otto Maria Carpeaux, por sua vez, dirá a propósito dos contos de terror de Edgar Poe, que "já a escolha do gênero mais curto em vez do romance foi um golpe inteligentíssimo". E enumera algumas das suas qualidades: "a arte infalível de sugerir todas as angústias aos complexos subconscientes dos leitores" e "a habilidade do repórter em investigar e revelar casos sensacionais".

Contos / Ficção / Literatura Estrangeira / Terror

Edições (4)

ver mais
Contos de Terror, de Mistério e de Morte 
Contos de Terror, de Misterio e de Morte
Contos de Terror
Contos de Terror, de Mistério e de Morte

Similares

(48) ver mais
Histórias Extraordinárias
Estrelas cadentes
Relâmpagos descritos - Contos
Sussurros da Meia-Noite

Resenhas para Contos de Terror, de Mistério e de Morte (10)

ver mais
Um mestre
on 29/1/09


Lendo livros que se arrastam, peguei este pra reler. Ah, nada como o bom & velho Poe. Ler contos como "A máscara da morte rubra" (obra-prima de linguagem poética a serviço do terror), "O coração revelador", "William Wilson" - a melhor história de 'duplo' que conheço - só dá prazer e recorda o motivo da fama de Poe. Ele podia ser seco, despojado, quase coloquial no estilo - ver "O coração..." - assim como podia ser elegante e elaborado - "Morte rubra" e outros como "A queda do solar U... leia mais

Estatísticas

Desejam241
Trocam3
Avaliações 4.3 / 668
5
ranking 51
51%
4
ranking 32
32%
3
ranking 13
13%
2
ranking 3
3%
1
ranking 1
1%

29%

71%

Lia
cadastrou em:
14/01/2009 23:38:30
Yuri
editou em:
11/09/2017 00:56:57