Cantigas de Ninar Dragões

Cantigas de Ninar Dragões Rogério Bernardes


Compartilhe


Cantigas de Ninar Dragões





"Havia milhões de dragões acordados
[...]
Destruíram com sopros e labaredas
Vilarejos inteiros dentro de mim.

Entoei esquecida cantiga
Entre espessa fumaça e cinzas
[...]
Minha cantiga, de início, era lamento
Mas eis que acalmou os dragões
Que voaram ao redor de minha sombra
[...]
E lá adormecem sem previsão de acordar.
[...]
E agora reconstruo todo o meu reino
Enquanto meus dragões dormem
Sob os esforços da minha esperança
Sob os encantos da minha voz."

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Cantigas de Ninar Dragões

Similares

(1) ver mais
Olhar de Andorinha

Resenhas para Cantigas de Ninar Dragões (0)

ver mais
on 12/3/18


Depois que terminei de ler esse livro de poesias do Rogério Bernardes senti a necessidade de falar um pouco sobre o meu sentimento com relação a poesia. Já contei aqui outras vezes que a minha relação com a literatura vem desde quando eu era criança, mas a realidade é que minhas leituras se resumiam a romances. Meu primeiro contato com livros de outros tipos narrativos aconteceu apenas na segunda fase do ensino fundamental com aqueles basicões ‘Para gostar de Ler’ (lembra deles?). e... leia mais

Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.0 / 3
5
ranking 0
0%
4
ranking 100
100%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

56%

44%

BG.
cadastrou em:
03/06/2017 01:51:14