Por quem Cristo morreu?

Por quem Cristo morreu? John Owen


Compartilhe


Por quem Cristo morreu?





John Owen nasceu em 1616, e cresceu numa pacata casa pastoral no Condado de Oxford, havendo ingressado na Universidade de Oxford com a idade de doze anos, obtendo o grau de Bacharel em Letras em 1632 e o de Mestre em Letras em 1635. Owen é um dos mais proeminentes teólogos que a Inglaterra já produziu. O primeiro livro de Owen foi publicado em 1642, e seu último livro estava sendo impresso quando ele morreu, em 1683. Suas obras publicadas constituem um total de vinte e quatro volumes. Owen foi capelão pessoal de Oliver Cromwell durante alguns anos, sendo levado por este a pregar no parlamento várias vezes, a partir de 1646. Ele pastoreou três igrejas durante sua vida. Casou-se duas vezes; sua primeira esposa morreu em 1676. Ele teve onze filhos, nenhum dos quais sobreviveu a ele. Seu túmulo é ainda preservado no cemitério de Bunhill Fields, City Road, Londres. O livro A Morte da Morte na Morte de Cristo, aqui apresentado numa versão simplificada, foi publicado por Owen em 1647. Afirma-se que ninguém jamais foi bem sucedido em refutar esta tese que Owen tão completamente expõe e defende, fundamentando-se nas Escrituras.

Religião e Espiritualidade

Edições (1)

ver mais
Por quem Cristo morreu?

Similares


Resenhas para Por quem Cristo morreu? (8)

ver mais
FERA!
on 4/2/13


Como já tinha ouvido vários comentários, realmente JOhn Owen é imbatível em seua argumentação! O livro é uma defesa à Expiação Limitada, ou Expiação definida, pra quem preferir. É um resumo do livro "A morte da morte na morte de Cristo" Cristo não morreu por todos, John Owen afirma logo de início. O argumento do John Owen se baseia no agente da expiação, o meio para a expiação e o objetivo. O agente é perfeito, Deus. O meio é perfeito, o sacrifício de Jesus Cristo. En... leia mais

Estatísticas

Desejam32
Trocam1
Avaliações 4.6 / 85
5
ranking 67
67%
4
ranking 32
32%
3
ranking 1
1%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

63%

37%

Adriano Reichert
editou em:
14/12/2019 15:26:58

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR