A partir de amanhã eu juro que a vida vai ser agora

A partir de amanhã eu juro que a vida vai ser agora Gregório Duvivier




A partir de amanhã eu juro que a vida vai ser agora





Gregorio Duvivier, mais conhecido pelo seu trabalho como ator, estréia agora como poeta. Seu talento para o humor, já posto à prova nos palcos e na tela, se imprime também nas páginas de A partir de amanhã eu juro que a vida vai ser agora. No livro, esse humor apresenta uma riqueza de nuances, indo do lúdico ao cáustico. Em outros momentos o autor nos brinda com um "delicado toque lírico", como define Paulo Henriques Britto. Ainda há espaço para brincadeiras com a poesia visual, como nos poemas "a régua e esquadro". O ecletismo característico da nova geração de poetas brasileiros está presente em A partir de amanhã eu juro que a vida vai ser agora. A multiplicidade de referências e os jogos com a linguagem e a forma são traços marcantes dos poemas de Gregorio.

Edições (2)

ver mais
 A Partir de Amanhã Eu Juro Que a Vida Vai Ser Agora
 A partir de amanhã eu juro que a vida vai ser agora

Similares

(4) ver mais
Ligue os Pontos
Put some farofa
Provocações Reflexivas & Reflexões Provocativas
Percatempos

Resenhas para A partir de amanhã eu juro que a vida vai ser agora (4)

ver mais
on 20/9/10


Já conheceia Gregório Duvivier, o humorista. Me deliciei com sua peça "Z.É.", mas não conhecia esse outro lado artístico do ator. Gregório utiliza de sua veia humorística para dar vida também aos seus poemas. O soneto "Receita para um dálmata" é divertidíssimo e arrancou gargalhadas da plateia durante sua declamação no SESI. Porém, nem só de humor é feito "A Partir de Amanhã Eu Juro que a Vida Vai Ser Agora". Algumas de suas poesias são românticas, delicadas, como "Soneto prático para ... leia mais

Estatísticas

Desejam231
Trocam3
Avaliações 3.9 / 137
5
ranking 32
32%
4
ranking 34
34%
3
ranking 25
25%
2
ranking 7
7%
1
ranking 2
2%

25%

75%

Mari
cadastrou em:
15/03/2010 16:58:55