O centésimo em Roma

O centésimo em Roma Max Mallmann


Compartilhe


O centésimo em Roma





Humor, fina ironia e uma profusão de referências, que vão de Tácito a Shakespeare, passando por Machado de Assis, dão forma ao imperdível romance histórico O centésimo em Roma, do escritor e roteirista Max Mallmann. Com base em sólida pesquisa, Mallmann recria, de forma magistral, a Cidade Eterna entre os anos 68 e 70 d.C.: romanos nobres e plebeus, cristãos, judeus, gregos, etíopes, indonésios e germanos convivem em vielas e becos de uma Roma que cheira a “molho de peixe, suor e esgoto”, e que por isso mesmo é amada pelo atrapalhado centurião e protagonista da história, Desiderius Dolens. Dando vida a legionários, prostitutas, senadores e césares – a maioria com existência comprovada –, Mallmann apresenta ao leitor um caldeirão onde se misturavam corrupção, assassinatos, luxúria, vinho e muito sangue.

Edições (1)

ver mais
O centésimo em Roma

Similares

(45) ver mais
As mil mortes de César
Quo Vadis?
Eu, Cláudio
Os Herdeiros de Nero

Resenhas para O centésimo em Roma (11)

ver mais
Em Roma, como os romanos
on 4/4/12


O Brasil tem uma forte tradição em romances históricos, que inclui seu primeiro romance de qualquer gênero (Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antônio de Almeida), O Guarani, de José Alencar e, para dar exemplos mais recentes, Agosto de Rubem Fonseca e Desmundo de Ana Miranda. Mas praticamente todos se restringem ao passado do próprio Brasil: raros se aventuram em história antiga ou medieval, talvez por receio de serem escorraçados ao visitarem território tradicionalmente r... leia mais

Estatísticas

Desejam30
Trocam3
Avaliações 4.4 / 57
5
ranking 51
51%
4
ranking 40
40%
3
ranking 7
7%
2
ranking 0
0%
1
ranking 2
2%

59%

41%

Helena
cadastrou em:
22/03/2010 15:59:00