Educação Siberiana

Educação Siberiana Nicolai Lilin


Compartilhe


Educação Siberiana





Publicado originalmente na Itália, onde alcançou sucesso de crítica e de vendas, Educação siberiana é um relato chocante do submundo de uma comunidade de criminosos russos. Nicolai Lilin, o autor, cresceu em uma terra de ninguém na ex-União Soviética e desde cedo conviveu com um mundo violento, ditado por seus próprios códigos de conduta. Sua narrativa, baseada em fatos reais, constrói um retrato impactante sobre a vida dos chamados urcas siberianos, com suas famílias unidas por um forte senso de lealdade, em constante guerra contra policiais, soldados e facções criminosas rivais. Conforme ele cresce em meio a essa realidade hostil, o leitor acompanha sua educação criminal e mergulha na dura realidade dos urcas, resumida no provérbio que abre esse impressionante relato: "Há quem goze a vida, há quem a sofra; para nós, a vida é combate." Nicolai Lilin narra sua infância na Transnístria - uma terra de ninguém, para onde uma grande parte da comunidade dos criminosos siberianos foi deportada no início do século XX. Ao longo dessas páginas vívidas e chocantes, acompanhamos sua "educação": os complexos códigos que regulam a vida dos urcas siberianos e que são transmitidos pelos mais velhos com paciência e rigor. Vemos a escola das ruas, os conflitos entre os diversos bandos rivais; os valores como amizade e lealdade, essenciais dentro da comunidade; a cultura da tatuagem, com seus símbolos secretos que contam a história de um homem e seu destino; e a reclusão do narrador numa prisão de menores infratores: um inferno de adolescentes em constante guerra uns contra os outros.

Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Educação Siberiana

Similares


Resenhas para Educação Siberiana (4)

ver mais
on 6/4/10


um livro interessante, sem dúvida, mas sob o ponto de vista literário, pouco envolvente e, por vezes, até cansativo. abandonei a leitura não por se tratar de um livro ruim, longe disso, pois a obra é bastante enriquecedora, mas por acha-lo um tanto quanto repetitivo e por já ter apreendido o suficiente da obra. o livro é bem escrito, sem dúvida, mas ele "soa" excessivamente jornalístico, muito mais como um relato, como uma biografia do que como qualquer outra coisa. lógico que o pano... leia mais

Estatísticas

Desejam48
Trocam6
Avaliações 4.0 / 88
5
ranking 40
40%
4
ranking 31
31%
3
ranking 25
25%
2
ranking 5
5%
1
ranking 0
0%

50%

50%

Monique
cadastrou em:
30/03/2010 09:31:35
Nicky
editou em:
26/06/2020 18:09:40