A construção de mim mesma

A construção de mim mesma Letícia Lanz




PDF - A construção de mim mesma


Por décadas, Letícia Lanz se apresentou ao mundo na pele de Geraldo Eustáquio. Entender-se diferente da maioria foi um processo longo e doloroso. Neste relato comovente e honesto, Letícia relata como foi se assumir mulher transgênera aos cinquenta anos de idade.

Letícia Lanz é psicanalista, palestrante, ativista e foi candidata à prefeitura de Curitiba em 2020. É casada, tem três filhos e cinco netos. Neste livro impactante, ela conta a história de sua transição. A luta para se libertar das amarras de gênero começou quando ainda era criança e culminou num enfarte, cinquenta anos mais tarde. Depois de uma vida marcada pelo permanente conflito entre ser ela mesma ou a pessoa que a sociedade exigia que fosse, na cama da UTI, ela entendeu que transicionar era a única coisa a ser feita se quisesse continuar viva.

Ao narrar suas reflexões e experiências pessoais, Letícia convida o leitor a compreender o que é ser e se aceitar uma pessoa transgênera em uma sociedade ainda incapaz de conviver com as diferenças, regida pelo binarismo, em que homem e mulher são categorias determinadas a partir do órgão sexual com o qual nascemos. A construção de mim mesma é um livro sincero que se propõe a abrir novos e variados diálogos sobre diversidade, aceitação e liberdade.





A construção de mim mesma

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para A construção de mim mesma (2)

ver mais
Muito interessante


Apesar de estudar comportamento e sexualidade há quase 30 anos, percebo cada vez mais o pouco que sei e o quanto quero e preciso aprender.⁣ ⁣ Letícia nos brinda com um livro muito interessante sobre seu processo de transição de gênero. ⁣ Geraldo era um profissional bem sucedido, casado, pai de três filhos e avô. Após enfartar, Letícia relata como foi se assumir mulher transgênera aos cinquenta anos de idade.⁣ ⁣ Além das percepções da autora, o livro ...
Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR