A Fábrica da Violência

A Fábrica da Violência Jan Guillou




PDF - A Fábrica da Violência


Erik tem 14 anos e é diariamente espancado pelo pai. As surras são motivadas não por ira momentânea ou punição, mas por um desejo sádico, que beira a loucura. O menino cresce e desenvolve defesas intelectuais e emocionais, além de habilidades físicas que o tornam muito bom de briga. Inteligente acima da média, mas um aluno medíocre, sua vida escolar é dominada pela violência. Ele comanda uma gangue que usa a força para subjugar os outros alunos. O grupo acaba sendo apanhado quando alguns de seus membros resolvem roubar discos. Erik é condenado e começa a prever um futuro sombrio, sem a possibilidade de ingresso no ensino superior. A família, às voltas com as aspirações da classe média, embora dispondo de uma renda pífia, consegue fazer com que ele tenha um recomeço em outra escola. Mais uma vez, Erik se envolve em uma rotina violenta e corre o risco de perder sua chance de mudar de vida e ir à faculdade. No que parece ser um confronto final, o garoto se vê diante de seus maiores problemas e medos e tenta fugir de um ciclo vicioso terrível. Neste comovente e provocante romance, Jan Guillou constrói uma narrativa baseada nos diferentes usos da violência, além de uma trama envolvente e um personagem vigoroso, heróico, mas cheio de falhas, o que o torna irresistível.





A Fábrica da Violência

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para A Fábrica da Violência (5)

ver mais
Educação pela camaradagem


Criado por um pai bruto sob uma disciplina espartana, o adolescente sueco Erik Ponti apanha praticamente todo dia pelos menores deslizes que comete (p. e., sem querer, derrubar molho na toalha no jantar). São tantas surras que leva do pai que isso vai fazendo com que crie uma resistência impressionante à dor ao colocar sua mente em trabalho para afastá-la. Fica feliz quando a mãe consegue colocá-lo num internato num vilarejo distante de Estocolmo e assim escapar dos castigos corpor...