Alta Fidelidade

Alta Fidelidade Nick Hornby




PDF - Alta Fidelidade


Uma história sobre monogamia, relações amorosas, solidão e sensibilidade masculina, temperada por música pop, ironia e bom humor. Assim é o romance de estréia de Nick Hornby, Alta fidelidade. Em Londres, após ser abandonado por Laura Lydon, sua última namorada, Rob Fleming, dono de uma loja semifalida de discos de vinil, faz um balanço das cinco piores separações da sua vida: Alison, Penny, Jackie, Charlie e Sarah. Laura, uma advogada bem-sucedida e atraente, ficou fora da lista por não ter provocado muito sofrimento; além disso, ela o trocou por Ian, um vizinho que ouvia discos horríveis. Rob busca consolo com os balconistas de sua loja, Bary e Dick, com quem mantém conversas tipicamente masculinas sobre outras listas, dos melhores filmes — entre eles Cães de aluguel — aos melhores episódios do seriado Cheers, passando, naturalmente, pelas melhores músicas. Rob tenta sair com uma cantora americana, Marie, mas o caso não dá certo. Ele volta a encontrar Laura e decide reconquistá-la. No meio do processo, no entanto, começa a fazer uma reflexão sobre a vida aos 35 anos, as lições que ela traz e todos os compromissos e desilusões que ela implica. Narrado na primeira pessoa por Rob – um alter-ego de Nick? – Alta fidelidade é um romance de geração. Por trás do auto-retrato de um perdedor, surge uma análise fascinante da desorientação afetiva deste final de milênio, da busca pela felicidade — e pela fidelidade — a qualquer preço.





Alta Fidelidade

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos Alta Fidelidade (1)

ver mais
Alta Fidelidade - Nick Hornby

Alta Fidelidade - Nick Hornby


Resenhas para Alta Fidelidade (96)

ver mais


Depois dos trinta, como não notar, ao se olhar no espelho, as primeiras marcas do tempo e não sentir um leve desconforto com as ainda discretas rugas de expressão e o cansaço que começa a se mostrar no rosto? E o que não é a leitura desse livro senão uma olhada mais demorada nesse espelho? Um espelho que distraída, bem humorada e despretensiosamente revela a solidão, a busca e os desencontros de quem chega à metade da vida com muito mais perguntas do que respostas. Modestamente, - pala...