Alta fidelidade

Alta fidelidade Nick Hornby




PDF - Alta Fidelidade


Rob é um sujeito perdido. Aos 35 anos, o rompimento com a namorada o leva a repensar todas as esferas da vida: relacionamento amoroso, profissão, amizades. Sua loja de discos está à beira da falência, seus únicos amigos são dois fanáticos por música que fogem de qualquer conversa adulta e, quanto ao amor, bem, Rob está no fundo do poço. Para encarar as dificuldades, ele vai se deixar guiar pelas músicas que deram sentido à sua vida e descobrir que a estagnação não o tornou um homem sem ambições. Seu interesse pela cultura pop é real, sua loja ainda é o trabalho dos sonhos e Laura talvez seja a única ex-namorada pela qual vale a pena lutar.

Um romance sobre música e relacionamento, sobre as muitas caras que o sucesso pode ter e sobre o que é, afinal, viver nos anos 1990. Com rajadas de humor sardônico e escrita leve, a juventude marinada em cultura pop ganhou aqui seu espaço na literatura. Ou, como escreveu Zadie Smith, “Hornby levou o romance inglês de volta a suas raízes perdidas. Nos ajudou a lembrar que nem todos os livros precisam falar dos quinhentos anos de história pós-colonial, [...] podem falar da alma de um homem, sua casa e como ele vive nela, das ruas por onde anda e das pessoas que ama”. Este é um retrato do homem contemporâneo sem ruídos, um retrato em alta fidelidade.





Alta fidelidade

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos Alta fidelidade (1)

ver mais
Alta Fidelidade - Nick Hornby

Alta Fidelidade - Nick Hornby


Resenhas para Alta fidelidade (96)

ver mais


Depois dos trinta, como não notar, ao se olhar no espelho, as primeiras marcas do tempo e não sentir um leve desconforto com as ainda discretas rugas de expressão e o cansaço que começa a se mostrar no rosto? E o que não é a leitura desse livro senão uma olhada mais demorada nesse espelho? Um espelho que distraída, bem humorada e despretensiosamente revela a solidão, a busca e os desencontros de quem chega à metade da vida com muito mais perguntas do que respostas. Modestamente, - pala...