Ana Karênina

Ana Karênina Leon Tolstói




PDF - Ana Karênina


”Todas as famílias felizes são iguais. As infelizes o são cada uma a sua maneira”. É o início de “Ana Karênina”, obra de Tolstói, publicada entre 1873 e 1877.

O romance gira em torno do caso extra-conjugal da personagem que dá título a obra, uma aristocrata da Rússia, que aparentemente tem tudo, riqueza, beleza, popularidade e um filho amado, mas sente-se vazia até encontrar Vronski.

A sociedade russa do século XIX e a estrutura de relações que existiam entre as várias classes sociais, são caracterizadas pelas personagens da trama. Para fazer a análise social, Tolstói usa de dois eixos principais: o primeiro é o drama de Anna e o segundo a busca existencial de Levine. O humanismo dos personagens, o que possuem de bom e mau, como seres insondáveis, leva à ações comportamentais imprevisíveis, trazendo uma maior maturidade através de uma abertura dentro dos dogmas que já tinham adotado.

No final, o autor analisa em conjunto todas as perspectivas sobre as quais se pode debruçar a existência, como religião, a filosofia e a ciência.





Ana Karênina

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para Ana Karênina (4)

ver mais
Todas as famílias felizes se parecem, cada família infeliz é infeliz à sua maneira...


Segundo muitos, este livro é o melhor romance da história. Ana Karenina é a mulher mais encantadora de toda a literatura, e a adúltera mais conhecida de todos os tempos, junto com Emma Bovary. Nunca pude ler o primeiro tomo. Terminando de comprar esqueci num taxi e só cheguei em casa com a segunda parte. Vi o filme para compensar e este segundo volume que tinha aproximadamente 400 páginas. É uma obra valiosa em vários aspectos. Uma leitura desafiante, com personagens controverso...