Belgravia

Belgravia Julian Fellowes




PDF - Belgravia


Uma nova saga histórica, fascinante e irresistível, repleta de segredos e escândalos

Ambientada nos anos 1840, quando os altos escalões da sociedade londrina começam a conviver com a classe industrial emergente, e com um riquíssimo rol de personagens, a saga de Belgravia tem início na véspera da Batalha de Waterloo, em junho de 1815, no lendário baile oferecido em Bruxelas pela duquesa de Richmond em homenagem ao duque de Wellington.
Pouco antes de uma da manhã, os convidados são surpreendidos pela notícia de que Napoleão invadiu o país. O duque de Wellington precisa partir imediatamente com suas tropas. Muitos morrerão no campo de batalha ainda vestidos com os uniformes de gala.
No baile estão James e Anne Trenchard, um casal que fez fortuna com o comércio. Sua bela filha, Sophia, encanta os olhos de Edmund Bellasis, o herdeiro de uma das famílias mais proeminentes da Bretanha. Um único acontecimento nessa noite afetará drasticamente a vida de todos os envolvidos. Passados vinte e cinco anos, quando as duas famílias estão instaladas no recente bairro de Belgravia, as consequências daquele terrível episódio ainda são marcantes, e ficarão cada vez mais enredadas na intrincada teia de fofocas e intrigas que fervilham no interior das mansões da Belgrave Square.





Belgravia

Leia o PDF do primeiro capítulo de Belgravia

Visualizar

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos Belgravia (1)

ver mais
Belgravia - Julian Fellowes

Belgravia - Julian Fellowes


Resenhas para Belgravia (103)

ver mais
O Passado É Um País Estrangeiro. Prepare o Seu Passaporte E Boa Leitura!


Cada leitor tem, de acordo com suas necessidades emocionais, expectativas diversas. Eu, independentemente do gênero literário, faço absoluta questão da surpresa e do ineditismo, e BELGRAVIA, de Julian Fellowes, correspondeu a todas as minhas expectativas... Apesar de alguns clichês, mas isto está na conta, não é mesmo? Apesar da “barriga”, em torno de 50% das páginas lidas, o romance teve a dose exata de emoções, dramas familiares, reconstituição de época – imagino que pela familiar...