Cartas de Amor de Paris

Cartas de Amor de Paris Samantha Vérant




PDF - Cartas de Amor de Paris


Vinte anos depois do primeiro encontro, Samantha finalmente descobre o amor de sua vida...
Aos 19 anos, Samantha Vérant conheceu o encantador Jean-Luc em uma curta viagem à França. Eles aproveitaram o clima romântico de Paris e, quando ela voltou para casa, ele escreveu sete lindas cartas de amor – que ela nunca respondeu.
Vinte anos mais tarde, à beira de um divórcio e se perguntando em que ponto sua vida começou a dar errado, Samantha encontra as cartas de Jean-Luc. Ela então o procura na internet para enfim responder às cartas com um longo pedido de desculpas atrasado. Então rapidamente descobre que a conexão entre ambos continua tão forte quanto no dia em que ela o deixou sozinho em uma plataforma de trem em Paris.
Samantha sabe que ir à França para reencontrar o homem com o qual dividiu apenas um dia ensolarado e cheio de paixão é loucura! Mas é por este tipo de loucura que ela tem esperado a vida inteira...





Cartas de Amor de Paris

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos Cartas de Amor de Paris (1)

ver mais
Cartas de Amor de Paris - Samantha Vérant | Atitude Literária

Cartas de Amor de Paris - Samantha Vérant | Atitud


Resenhas para Cartas de Amor de Paris (14)

ver mais


Este livro é doce e apaixonante....quantas páginas eu vi a mim mesma andando pelas mesmas ruas e curtindo com a mesma paixão...o mais interessante foi o nome...MMeu nome...em cartas de amor escritas por um homem poeta, e vivi a adolescência onde esses pequenos papéis eram trocados entre os apaixonados, juras veladas de amor eterno..tudo é muito cálido e têm sua intensidade aumentada com o correr das páginas; é exatamente como ler um diário de uma vida comum mais que aos olhos de quem a...