Com mãos atadas e como quem pisa em ovos

Com mãos atadas e como quem pisa em ovos Esteban Rodrigues




PDF - Com mãos atadas e como quem pisa em ovos


“Esse novo livro do poeta Esteban Rodrigues é como acordar um vulcão adormecido.“
Marcelino Freire

Com mãos atadas e como quem pisa em ovos é o novo livro do poeta Esteban Rodrigues. Nesse trabalho, Esteban traça temas de identidade nos nossos tempos com uma linguagem delicada e marcante que dialoga com as subjetividades do eu lírico e com o mundo, e como bem sinaliza Marcelino Freire na sua orelha-poema, o livro traz uma erupção de vida. O livro também conta com um afinado posfácio de Hilário Zeferino, que diz:

“Pra ler Esteban é necessário se deixar levar e se deixar ficar pelas redes, não só as sociais, pelos lanches, pelas sensibilidades, pela mente atravessada que atravessa a rua olhando pro chão com todo o céu sobre a nuca. Pra ler Esteban é importante compreender as minúcias dos cotidianos e de como a gente ainda é todas as pessoas com quem as pessoas que namoramos namoraram, mesmo não sendo mais. Ou como somos também fragmentos que gritam Eu te amo! trancados no quarto com o telefone que espera uma mensagem.”





Com mãos atadas e como quem pisa em ovos

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para Com mãos atadas e como quem pisa em ovos (0)

ver mais
Quando bolas de gude e a poesia nos atinge*


Não tenho como entender por completo os sentimentos de Esteban Rodrigues mas fui atravessado. Quando comecei a ler o livro ?com mãos atadas e como quem pisa em ovos? (editora paraLeLo13S, 2021), despretensiosamente, as bolas de gude dos sonhos do autor me atingiram e eu nem sei o porquê. Percorrer cada poesia, cada palavra, cada verso do autor é sentir, nas 57 páginas do livro, as inúmeras sensações que ele tenta nos provocar: o corpo, a pele, o rosto, o choro nas tardes, o não-perten...
Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR