Com o mar por meio

Com o mar por meio José Saramago
Jorge Amado




PDF - Com o mar por meio


A amizade entre Jorge Amado e José Saramago teve início quando os dois já tinham idade mais avançada e consolidada carreira literária, porém o vínculo tardio não impediu que os escritores formassem um laço forte, estendido as suas companheiras, Zélia e Pilar.

Este livro reúne a correspondência entre os dois mestres - e os dois casais, muitas vezes -, entre os anos de 1992 e 1998. São cartas, bilhetes, cartões e faxes com uma rica troca de ideias sobre questões tanto da vida íntima como da conjuntura contemporânea, sobretudo a cena literária. Eles debatem com humor sobre prêmios e associações de escritores, com especulações divertidas sobre quem seria, por exemplo, o próximo a ser contemplado com o Nobel ou o Camões.

Com um projeto gráfico especial, ilustrado com fac-símiles das missivas e belíssimas fotos do acervo pessoal dos autores, Com o mar por meio aproxima os leitores do universo particular dos dois amigos.





Com o mar por meio

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos Com o mar por meio (1)

ver mais
Com o mar por meio | #VEDA 30 ? Jeniffer Geraldine

Com o mar por meio | #VEDA 30 ? Jeniffer Geraldine


Resenhas para Com o mar por meio (2)

ver mais
Com o mar entre dois amigos


Homens de suas terras, amigos dos amigos, dois enormes nomes da língua portuguesa que marcaram o século XX com seus talentos. Este livro nos revela o conteúdo das cartas trocadas entre José Saramago e Jorge Amado, dois amigos tardios que estabeleceram um forte laço de amizade. Saúde, saudades, expectativas a respeito do Nobel, de tudo conversavam: "já se sabe que todos os dias são bons para desejar felicidades aos amigos", escreveu José a Jorge. "Em Paris, Roma, Londres, no fim do mu...