Insônia

Insônia André Timm




PDF - Insônia


Menção Honrosa no Prêmio Sesc de Literatura.

Numa cidade apinhada de prédios, a insônia proporciona encontros furtivos nas janelas dos apartamentos. E, no relance desses olhares, histórias se constroem e expõem o que há de mais obscuro em uma madrugada. Num prédio em que ninguém dorme, a insônia proporciona concretude aos sonhos mais estranhos.

Tal qual a lógica de um edifício, os enredos de Insônia se superpõem numa armação de intrigas que tem como base o cotidiano de pessoas que vivem juntas, mas não se conhecem. É no sutil encontro que existe em estar vendo e ser visto que as histórias se cruzam: por entre salas, corredores e elevadores, vemos o desvario de um compositor frustrado, o jogo bizarro de um seqüestro e vemos ainda outros acontecimentos que desafiam a memória e testam obsessões.

Vemos e somos vistos, pois na madrugada dessas insônias, nossos pesadelos ganham cores sombrias e nossos temores se concretizam em situações que anunciam o desastre. Numa cidade apinhada de pessoas, estamos todos na vigília da vida, confusos entre a realidade e o sonho.

Se os pilares sustentam o concreto, a vida sustenta absurdos – e justamente ao captar o que é efêmero e assustador, André Timm nos coloca frente a frente com a vida e desfecha: concreto, somente os edifícios. Entretanto, em meio a tantos olhares enviesados, encontros ao acaso, músicas e brigas que não se resolvem, Insônia também proporciona concretude à madrugada de nossos medos.





Insônia

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos Insônia (1)

ver mais
Insônia - André Timm

Insônia - André Timm


Resenhas para Insônia (2)

ver mais
Teia sob sono e (des)engano


Os contos de André Timm individualmente são bons - ainda que alguns possam parecer inverossímeis quando tomados individualmente, mas a costura deles ou sua sobreposição à moda mesmo de uma construção, torna-os melhores. Os melhores contos (parecem mesmo os que consumiram maior dedicação na construção dos personagens e cenários) para mim são o 1001 - que esmiuça horas críticas na vida de um septuagenário sem sono e 1002 - o fim de um casamento que é percebido como tal pelo vizinho inso...