Maternidade

Maternidade Sheila Heti




PDF - Maternidade


Um romance provocador e corajoso sobre o desejo e o dever de procriar, escrito pela brilhante escritora canadense Sheila Heti. Em Maternidade, Sheila Heti reflete sobre os ganhos e as perdas para uma mulher que decide se tornar mãe, tratando a decisão que mais traz consequências na vida adulta com a franqueza, a originalidade e o humor que lhe renderam reconhecimento internacional por seu livro anterior, How Should a Person Be?. Ao se aproximar dos quarenta anos, numa fase em que todas as suas amigas se perguntam quando irão ter filhos, a narradora do romance intimista e urgente de Heti ― no limiar entre a ficção e autorreflexão ― questiona se aquela é uma experiência que ela quer ter. Numa narrativa que se estende ao longo de muitos anos, moldada a partir de conversas com seus pares e seu parceiro e de sua relação com os pais, ela se vê em um embate para fazer uma escolha sábia e coerente. Depois de buscar ajuda na filosofia, no próprio corpo, no misticismo e no acaso, ela descobre a resposta num lugar bem mais familiar do que imaginaria. “Nunca vi ninguém escrever sobre a relação entre não ter filhos, escrever e a tristeza das mães do modo que Sheila Heti faz.” ― Elif Batuman, autora de Os possessos e A idiota





Maternidade

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos Maternidade (3)

ver mais
Resenha: Maternidade, de Sheila Heti

Resenha: Maternidade, de Sheila Heti

Maternidade (Sheila Heti) - Ser mãe é a maior experiência humana?

Maternidade (Sheila Heti) - Ser mãe é a maior expe

NINGUÉM É OBRIGADA A SER MÃE ????? MATERNIDADE?Resenha ?Sheila Heti

NINGUÉM É OBRIGADA A SER MÃE ????? MATERNIDADE?Res


Resenhas para Maternidade (32)

ver mais
Por que tanta cobrança para engravidar?


A sociedade cobra muito as mulheres. Depois de uma certa idade, tem a cobrança para namorar. Passado um tempo, para casar. Alguns meses depois, para ter filho. E por aí vai... A discussão deste livro é muito importante, pois trata da escolha da mulher em não querer ter filho. E precisamos normalizar essa escolha!...