O Assassino Cego

O Assassino Cego Margaret Atwood




PDF - O Assassino Cego


O assassino cego deu à escritora Margaret Atwood o prêmio Booker Prizer 2000 e seu reconhecimento como primeira-dama das Letras. Ao narrar um romance dentro de outro romance, ela recria o Canadá dos anos 30 e 40, mistura segredos de família, ficção científica, interesses políticos, justiça social, mortes, reportagens de jornais e amores impossíveis. Íris Chase Griffen é uma octogenária canadense pobre e de saúde debilitada que relata os principais acontecimentos que fizeram a história de quatro gerações dos Chase: da ascensão social, conquistada com a fábrica de botão fundada pelo avô Benjamin em 1870, até o seu casamento por interesse em 1935, com o rico industrial Richard Griffen. Iniciativa de seu pai para salvar a família da miséria, após a falência dos negócios, mas que comprometeu sua felicidade para sempre. Íris divaga a respeito desses eventos, fazendo uma retrospectiva de vida, e dos momentos que sucederam ao suicídio da irmã, a excêntrica Laura. Simultaneamente dramático, sedutor e engraçado, O assassino cego é marcado pelo microscópico poder de observação de Atwood, precisa e sensível em sua crítica social. A um tempo natural e sofisticadamente elaborada, a prosa de Atwood é capaz de transformar detalhes em impressionantes metáforas, repletas de humor vigoroso e requintado.





O Assassino Cego

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para O Assassino Cego (7)

ver mais
Aos oitenta anos tudo é permitido


Em O Assassino Cego, laureado com o Booker Prize 2000, temos um livro dentro de outro livro, todo ele composto por notícias e reportagens de jornais, histórias folhetinescas de ficção científica e sobretudo pelas lembranças de uma canadense octogenária, Iris Chase Griffen. Lembranças que podem ser reais ou apenas divagações da narradora, quem sabe? Com essa obra Margaret Atwood nos leva de volta ao Canadá dos anos 1930-40, especialmente para Toronto e a cidadezinha (ficitícia) de ...