O Demônio do Meio-dia (Edição de bolso)

O Demônio do Meio-dia (Edição de bolso) Andrew Solomon




PDF - O Demônio do Meio-dia


Um relato pessoal, comovente, chocante, esclarecedor e magnificamente escrito sobre depressão, estresse e a maneira como vivemos hoje em dia.

Ir ao fundo do poço é uma expressão leve para descrever a experiência de vida do autor Andrew Solomon. Ele desceu mesmo foi às profundezas do inferno para vencer uma das síndromes que mais aflige a humanidade nos dias de hoje: a depressão. Fruto de sua dolorosa, dramática e vitoriosa trajetória durante doença, O demônio do meio-dia é um livro intensamente envolvente, sagaz, construtivo e humano.

O demônio do meio-dia, no entanto, não se restringe a um simples relato do autor sobre sua relação com a doença. Muito pelo contrário. Inspirado pelo que sentiu na própria pele, Andrew faz uma investigação ampla e minuciosa, o mais abrangente estudo sobre a depressão publicado nos últimos tempos.

Envolvente, perspicaz, construtivo , profundamente inteligente, O demônio do meio-dia é um livro que pode mudar mentes e, quem sabe, até mesmo salvar vidas.





O Demônio do Meio-dia (Edição de bolso)

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos O Demônio do Meio-dia (Edição de bolso) (4)

ver mais
Depressão | S03E05

Depressão | S03E05

O DEMÔNIO DO MEIO-DIA | ANDREW SOLOMON | Ep. #38

O DEMÔNIO DO MEIO-DIA | ANDREW SOLOMON | Ep. #38

Ep.#11: O Demônio do Meio-Dia, de Andrew Solomon

Ep.#11: O Demônio do Meio-Dia, de Andrew Solomon

Livro sobre Depressão: O Demônio do Meio-Dia | Ben Oliveira

Livro sobre Depressão: O Demônio do Meio-Dia | Ben


Resenhas para O Demônio do Meio-dia (Edição de bolso) (37)

ver mais
Depressão


O autor escreve de maneira clara o que queremos explicar as outras pessoas o que está ocorrendo conosco, que sofremos com este mal, e não conseguimos pois as aparências enganam. Ninguém entende, em sã consciência, como para nós em certos dias é tão difícil ir numa padaria se fazemos isto quase todos os dias até que em um dia qualquer sem sabermos porque alguma coisa trava e é só começo de uma nova crise que só quem já passou por uma sabe. Eu não sei se é pior a crise ou os julgamentos...